A propósito das últimas notícias desfavoráveis quanto a VALTER ARAÚJO - e na qualidade de advogado e seu defensor - oferecemos "Nota de Esclarecimentos"

Nota de Esclarecimentos (Advogado - Patrono):

Assessoria
Publicada em 20 de abril de 2017 às 10:17

VALTER ARAÚJO: MAIS UMA VEZ AGREDIDO DE FORMA OSTENSIVA E REFERENTE ÀS MATÉRIAS VEICULADAS NOS SITES LOCAIS (COM IMPUTAÇÕES CRIMINOSAS) TEM A DIZER OU ESCLARECER QUE: 

1. Nunca vi e nem tive qualquer contato com esse tal VALADARES. Nunca troquei com ele uma palavra e muitos menos tratei de qualquer negócio ou assunto;

2. Nunca tive qualquer relacionamento ou tratativas acerca de arquivamento de CPI ou isenção de impostos. Ou ele está a mando de alguém ou equipado em relação a mim;

3. Não fui Presidente da ALE-RO no período mencionado por ele;

4. Quando da CPI presidida pelo Deputado Tiziu - fui membro suplente e participei de todas as reuniões e sessões da CPI tanto na sede da ALE, quanto nos Distritos e sempre fui um crítico ferrenho das usinas e das licenças dadas de forma errada e do não cumprimento das compensações;

5. Não assinei o relatório de arquivamento da CPI das Usinas por não concordar com o arquivamento. É só pegar o processo da CPI e verão que é verdadeiro o que afirmo;

6. Na tal isenção das Usinas tão propagadas a verdade é a seguinte:

* A Assembleia Legislativa não tem competência constitucional nem para propor e isentar impostos ou tributos, bem como para criar despesas.

* Outra coisa: Não assinei nenhuma propositura de isenção para as Usinas e nem votei matéria dessa natureza, ao contrário, fiz propositura de emendas constitucionais criando vantagens para o Estado com a construção de empreendimentos dessa natureza. Todos aprovados e em vigor.

* Sequer existe razão ao envolvimento da Assembleia ou de seus dirigentes e/ou componentes.

Em resumo: Se julga absolutamente inocente de todas as imputações levantadas.

Valter Araújo - continua à disposição das autoridades para outros esclarecimentos, se necessários, e, em liberdade judicialmente obtida, continua tentando viver em paz e tão só trabalhando com a família, como também que, com Deus espera superar as tais acusações.

PVH/RO, 19.04.2017 – Antônio Cândido.

Comentários

  • 1
    image
    Joao roberto 20/04/2017

    Se fosse uma justica boa e que quisesse fazer o ladrao devolver o que roubou era melhor q prender uns dias como nesse caso do senhor ex deputado valter, que nao devolveu nada e ainda se acha injusticado.

  • 2
    image
    j paulo 20/04/2017

    Se essas usinas seriam construídas de qualquer jeito, inclusive a revelia da justiça e dos órgãos de defesa do meio ambiente, precisava de isenção fiscal, pelo contrario teria que aumentar tributos para qualquer atividade relacionadas a construção dessas usinas. É lógico que a corrupção correu a solta.

  • 3
    image
    Fabio 20/04/2017

    Canalha..... Lembro bem na TV defendendo tais isenções. Prisão perpétua seria o mínimo para alguém dessa estirpe. Canalha da pior qualidade.

  • 4
    image
    DINARTE 20/04/2017

    vagabundo cretino ladrão safado

  • 5
    image
    Joao roberto 20/04/2017

    Aparentemente o crime compensa pois anota do dr antonio candido afirma q o valter araujo ja ta em liberdade.

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

Paraíso de corruptos

Mesmo se se considerar acontecimentos conhecidos de corrupção, malversação de recursos públicos e prática de ilícitos os mais variados, chega às raias do absurdo o que tem sido trazido a público pela operação Lava Jato.