Boabaid questiona festa realizada pela Sesau enquanto saúde pública vive precariedade

​​​​​​​Parlamentar informou que apresentará requerimento solicitando informações sobre a origem do recurso investido para realização do evento.

Assessoria
Publicada em 06 de dezembro de 2017 às 12:44
Boabaid questiona festa realizada pela Sesau enquanto saúde pública vive precariedade

Na sessão desta terça-feira (5), o deputado Jesuíno Boabaid (PMN), criticou a realização de um evento organizado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) onde servidores foram homenageados com a condecoração de medalhas, troféus e demais reconhecimentos. A festa teria sido realizada em uma grande casa de shows de Porto Velho.

“Fiquei sabendo através da minha página na internet, onde me chamou atenção a publicação por se tratar de um evento de grande porte. E eu fiz um comentário onde questionei a procedência do financiamento desse grande evento, afinal, é fato que a saúde de Rondônia não alcançou 100% de melhorias e que os problemas continuam intermináveis”, declarou o deputado.

O deputado ressaltou que os corredores do Hospital João Paulo II ainda estão lotados de pacientes sendo atendidos no chão, citou a questão das listas de pessoas que aguardam por exames e cirurgias, algumas, em razão da demora, segundo Jesuíno, acabaram vindo a óbito.

“Com a saúde em uma situação dessa, a realização um evento desse porte é dar um tapa na cara da sociedade. E não sei se algum deputado foi convidado, mas foi uma noite de gala. Mas eu vou apresentar requerimento para esta Casa solicitar informações sobre a organização dessa festa”, afirmou o parlamentar.

Em aparte, o deputado Airton Gurgacz (PDT) explicou que esteve na Sesau nesta terça-feira e ao falar sobre o assunto, foi informado que a festa foi realizada por meio de uma cota entre todos os servidores e que lhe foi assegurado que não existiu qualquer envolvimento de dinheiro público.

Segundo Gurgacz, médicos contribuíram com maiores valores e que a festa teve como objetivo dar uma injeção de ânimo aos servidores do Estado. “Sabemos que a saúde pública não é brincadeira, tem problemas sérios, mas pelo que me informaram, foi uma forma de estimular os trabalhadores”, disse Follador.

Jesuíno Boabaid disse que aguardará que a Sesau responda seus questionamentos de forma oficial.

“Me parece que o lugar onde foi realizada a festa, se não me engano, são R$ 21 mil. Lembrando que não temos o pagamento da insalubridade dos servidores, o Plano de Carreira, Cargos e Salários dos trabalhadores da saúde está engavetado até hoje, vivemos uma situação precária nos nossos hospitais de responsabilidade do Estado, enfim. Quando chegar todas as informações sobre a organização da festa eu publicarei e tornarei pública, se teve ou não algum vínculo com a Sesau ou qualquer outro gestor público”, concluiu Boabaid.

Comentários

  • 1
    image
    O GUARDIÃO 06/12/2017

    ESTÁ INDO PELO LADO ERRADO DEPUTADO. DE ACORDO COM OS MEXERICOS DA CANDINHA FORAM FORNECEDORES QUE TÊM CONTRATO COM A SAÚDE QUEM FINANCIARAM O REGABOFE, REPASSANDO DINHEIRO PARA O SECRETÁRIO, MÉDICOS E OUTROS LARANJAS, OS QUAIS FIZERAM DOAÇÕES COMO SE FOSSEM SEUS.

  • 2
    image
    waldemircruz 06/12/2017

    Se tem um culpados pelos desmandos que vossas excelências falam,são os próprios nobres deputados que não sabem o que legislar para o povo. E sim em causa própria,categorias isoladas entre outras vantagens vergonhosas. Telhado de vidro cuidado....ao jogar pedra nos outros.... E quanto a médicos....ganham muito bem pelo tanto que trabalha....pois se fosse hora trabalhada ai sim teriam direito a falar... É isso.....

  • 3
    image
    André 06/12/2017

    Historia mal contada. Pode ir a fundo. Os funcionários públicos estão tão felizes com essa gestão que eu duvido que eles deram algum dinheiro para uma festinha, se é que foram convidados. Nessa festinha só quem ganhou medalha foram os comissionados. Só quem está no meio desses locais da saúde publica é que sabe a realidade dessas medalhas e troféus oferecidos. 1° lugar - Troféu - como receber e nem dar as caras no trabalho, 2° lugar medalha de ouro - Velhinho comissionado que não faz nada, passa o dia sentado de baixo de uma árvore enrolando um pito. 2° LUGAR - Medalha de prata pra quem chega tarde e sai cedo do serviço. É assim vai. PENSA NÓS PREMIADOS, SÓ FIGURA CARIMBADA.

  • 4
    image
    Denilton 06/12/2017

    Vergonha, medicos ganham uma ninharia neste estado , festa ridicula e mentirosa, setor de obstetricia é um caos ...... goteira em mesa de cirurgia e os palhaços fazendo festa. Isso é uma brincadeira de muito mau gosto. Parabens nobre deputado pela fiacalizaçao e faz um favor fica emcima desta cambada.

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook