Dr. Aparício Carvalho participa do XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria em São Paulo

Entre os dias 25 e 28 de outubro, São Paulo está sediando o XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria – CBP. É o maior e melhor congresso de especialidade médica da América Latina, o primeiro em atualização cientifica psiquiátrica.

Assessoria
Publicada em 28 de outubro de 2017 às 10:47
Dr. Aparício Carvalho participa do XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria em São Paulo

Diretor Geral das Faculdades Integradas Aparício Carvalho – FIMCA e Presidente do Núcleo de Psiquiatria de Rondônia, Dr. Aparício Carvalho

Entre os dias 25 e 28 de outubro, São Paulo está sediando o XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria – CBP. É o maior e melhor congresso de especialidade médica da América Latina, o primeiro em atualização cientifica psiquiátrica.

Como segundo melhor congresso de psiquiatria do mundo, o CBP tem repercussão internacional, contando com a presença de palestrantes de diversos países. Em 2016, comemoraram o Jubileu de Ouro de sua associação com as participações de psiquiatras de índice H acima de 50.

Atualmente, o CBP traz para o Brasil os melhores cientistas em saúde mental do mundo, proporcionando conhecimento de qualidade internacional para todos os seus congressistas.

O Diretor Geral das Faculdades Integradas Aparício Carvalho – FIMCA e Presidente do Núcleo de Psiquiatria de Rondônia, Dr. Aparício Carvalho, participou do Congresso, foram dois dias, no primeiro Dr. Aparício Carvalho apresentou o relatório das ações do Setembro Amarelo desenvolvidas em 2017 pelo Núcleo de Psiquiatria de Rondônia.  

No segundo dia, Dr. Aparício Carvalho participou de um debate sobre Emergências Psiquiátricas no Brasil. 

Na ocasião, Dr. Aparício Carvalho falou da importância em se discutir sobre isso, pois é uma situação que enfrentam diariamente. “O suicídio sempre foi algo proibido de falar e hoje nós discutimos exatamente a maneira de poder ajudar as pessoas nessa causa, suicídio sempre foi um tabu, as famílias não falam, às vezes sofremos intensamente essa dor da depressão e da tristeza profunda e não temos ninguém em casa para poder falar. Aqui estamos tendo a oportunidade de debater esse assunto com vários profissionais renomados e foi importante para quebrarmos esse paradigma, acho que só a partir do momento em que nós estivermos unidos em defesa da vida e da valorização da vida é que vamos diminuir esse alto índice de suicídio no Brasil, em Rondônia o número é menor, mais é bastante elevado, temos uma média de 100 suicídios por ano, no Brasil 11 mil pessoas suicidam por ano, no mundo 1 milhão de pessoas suicidam, então é um número muito elevado e nós precisamos encontrar mecanismos para poder estancar essas perdas tão valorosas, e muitas vezes nós salvamos uma vida com uma palavra, um dialogo ou até com um afeto”.

São mais de 150 atividades científicas: Conferências · Como eu Faço e Como eu Trato · Conversations · Cursos · Debates · Mesas Redondas · Simpósios dos Departamentos da ABP · Simpósios Nacionais e Internacionais · Oficinas de Ensino · Casos Clínicos · Laudos Psiquiátricos · Vídeos · Pôsteres e Encontro com Especialistas.

O encerramento será amanhã 28 de outubro. 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook