O capital e o jumento

Intelectual alienado... Você é carta fora do baralho... O capital explica ... A exploração do trabalho

Francisco Pantera
Publicada em 15 de maio de 2017 às 16:02

Pense num imbecil 
Pensa ser um intelectual 
Metido a PHD
Estudou e não entendeu o capital 
Jumento é pra comer capim 
No meio do matagal.

É um intelectualóide
Cita um professor jumento 
Tem grandes dificuldades
Entender este documento
O capital não é fácil 
É para as classes exploradas em sofrimento.

Eu não sei onde você estudou 
Suas aulas de economia
A exploração está 
No processo de mais-valia 
Quanto maior a produção 
O capitalista dela se apropria.

Marx fundamentou seu pensamento econômico 
No pensamento da economia clássica inglesa 
Seu pensamento socialista 
Veio da utopia intelectual francesa
Sua base filosófica 
No pensamento de Hegel, à esquerda com certeza.

Intelectual alienado
Você é carta fora do baralho
O capital explica 
A exploração do trabalho
O processo da produção
Onde o proleta é coxa de retalho.

Você tem que entender 
Metido a sabichão
As relações históricas sociais 
Estão em quem detem o poder da economia na mão 
Determina todos outros poderes 
Quem é dono da produção.

O que avança a sociedade
São as forças produtivas
Elas são impulsionadas
Pelos trabalhadores em ações ativas 
Criando novas tecnologias 
O trabalho é dialético em inovações coletivas.

Tudo isso acontece 
Dentro de um processo de alienação
O proletário não consegue enxergar
O seu grau de exploração
Têm uma máquina ideológica 
Cuidando pra sua acomodação.

Tente entender amigo do capitalismo
Que a luta é ideológica
Na estrutura hoje imperialista 
Ela é fantástica e metódica 
Tira qualquer um de linha
Deixa qualquer um fora de lógica.

O seu discurso, a toa!
É de intelectual desesperado
Não sabe que sua agonia 
É patrocinada pelo estado
Esse sistema é culpado
Pelo exército internacional desempregados.

O modo de produção em que vivemos 
É de domínio capitalista 
A livre concorrência 
É pra beneficiar o capital egoísta 
Acumular suas riquezas 
Que se danem os direitos trabalhistas.

Você é um jumento 
Que não é dessa classe social
Metido a burguês 
Delator, sujeira, bacabal...
Bajulador de defensores do capitalismo
No período eleitoral.

Tudo é luta de classes 
Pra teoria marxista 
É visão de mundo
Pra nova sociedade fraternista
Socialmente justa. humanamente igual 
Rumo à sociedade comunista.

Tu não sabes nada abestalhado 
Da ideologia comunista 
Não compreende patavina 
Da filosofia marxista 
Nunca pegou no capital
Nem numa banca de revista.

Vá estudar 
Seu “doutorzinho” pedante 
Que dessa teoria científica
O mundo revolucionário é amante
Hasta la Victoria siempre!
 “Proletários de todos os países”, AVANTE!

Francisco Batista Pantera é professor, jornalista, poeta e Presidente Estadual do PCdoB - RO

Comentários

  • 1
    image
    Beto 15/05/2017

    Da pena desse tipo de indivíduo. Vai passar pela vida sem entender nada e sem aprende nada. Deploravel.

  • 2
    image
    MOACIR FIGUEIREDO 15/05/2017

    SÃO POR ESSAS E OUTRAS QUE O COMUNISMO CRIA ARQUÉTIPOS VAGANTES, IDIOTAS DE CARTEIRINHA E IMBECIS DESTOANTES.

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook