/ geral / iptu

09/12/2013 - 16h41min - Atualizado em 09/12/2013 - 16h41min

Porto Velho: Semfaz divulga atualização do valor do IPTU para 2014

No caso do ano de 2013, a arrecadação do IPTU superou a expectativa.

Porto Velho, Rondônia - A atualização anual do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) no município de Porto Velho acontece em conformidade à Lei Complementar 199/2004. Para o caso dos imóveis edificados, que se constituem na parte mais expressiva do total da arrecadação, a base de cálculo para os valores é composta pela alíquota de 0,5 % do valor venal dos imóveis, para a qual podem ser aplicados percentuais redutores, e pela Unidade de Padrão Fiscal (UPF) relativa ao período passado desde a última atualização. No exercício de 2014 a atualização será correspondente a 11,71%.

De acordo com Adão Colombo, diretor em exercício da Divisão de Administração de Tributos da Secretaria Municipal de Fazenda (DAT/Semfaz), a base de cálculo para depreensão do valor venal dos imóveis em Porto Velho está defasada em função da Planta Genérica de Valores (PGV) ter sido atualizada pela última vez em 2003. Para atualizar a PGV é preciso imagens aéreas de toda a cidade, segundo um processo de fotos em alta definição chamado de aerofotogrametria. É por meio dessas imagens que são verificadas as mudanças ocorridas nos imóveis e são analisadas suas áreas construídas de acordo com os valores atualizados pelo mercado imobiliário.

Em 2003, quando ocorreu a última atualização da PGV, foi adotado um percentual redutor na Base de 35%, porque naquele momento o IPTU passava a ficar muito alto em relação ao ano anterior. Assim, de ano a ano o redutor deveria diminuir, até que não fosse mais adotado. Um imóvel no valor de R$ 100.000,00, por exemplo, passava a ser avaliado para efeitos de tributação por R$ 65.000,00. A cada ano o índice redutor deveria abaixar até que o imóvel pudesse ser considerado de acordo com a realidade demonstrada na PGV de 2003. À Semfaz caberia levar anualmente à Câmara Municipal um anteprojeto de lei propondo qual seria a taxa de redução. No caso do lançamento de 2014, o redutor deveria estar zerado, mas o prefeito, porém, pediu a manutenção do índice redutor em 5%.

Quanto ao percentual relativo à UPF, o calculo é feito pela média do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no período passado desde a última verificação até a data de lançamento do próximo período. Para o exercício de 2014, considerando-se a data de novembro de 2012 a outubro de 2013, o índice encontrado foi de 5,83%. O secretário da Semfaz, Marcelo Siqueira, explicou que a adequação aos diversos casos específicos para a cobrança do IPTU possibilitou o resultado geral de 11,83%.

No caso do ano de 2013, a arrecadação do IPTU superou a expectativa. O valor orçado era de 11,59 milhões, mas em outubro já se verificava uma arrecadação superior a 12 milhões. “O pagamento desse imposto é uma obrigação dos cidadãos. Em todo o território nacional ele é cobrado pelos municípios. Embora ainda tenhamos um índice muito alto de inadimplência, percebemos que em Porto Velho as pessoas estão se tornando mais conscientes de suas obrigações. Isso é bom para o município, mas também é bom para os contribuintes que não passa a acumular juros e multas aos seus impostos”, observou Adão Colombo.

De acordo com o secretário da Semfaz, os carnês do IPTU 2014 já foram licitados e, até a primeira quinzena de janeiro, deverão estar todos entregues nas residências. Nos primeiros dias de janeiro estarão também disponíveis pela WEB os valores relativos a cada imóvel. “Neste ano, a arrecadação foi quase maior pela WEB. Sabemos que esse é o melhor meio para arrecadação, porque ajuda ao contribuinte que não precisa mais se deslocar e vir à Semfaz, entrar em filas e esperar pelo atendimento. Contudo, de acordo com lei, a notificação do IPTU ocorre com a entrega dos carnês, essa é a forma oficial de notificação pessoal, de forma que não é pensado, ao menos por enquanto, a não emissão de carnês”, explicou Siqueira, que também informou que para o exercício de 2015 deverá haver mudanças na cobrança do imposto, porque uma nova Planta Genérica de Valores (PGV) deverá ser efetuada durante 2014, o que fará com que os valores venais sejam atualizados de acordo com as mudanças acontecidas na cidade e com a realidade do mercado imobiliário.

Por Renato Menghi

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 31/07/2014 ás 18:56:00

PAINEL POLÍTICO - ALAN ALEX

Para entender a questão do registro de Expedito Júnior.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 31/07/2014 ás 17:24:00

Mulher de procurador da República em Rondônia acusa o marido e pastora de igreja de surras de cinto e cipó, cárcere privado e outros atos de violência

Mulher contou que foi trancafiada no alojamento de uma igreja evangélica, onde apanhava, passava fome e sofria outros tipos de maus tratos , tudo com apoio do marido ou praticados por ele.

GERAL | matéria escrita em 31/07/2014 ás 16:55:00

Ministério Público de Rondônia distribui cartilha sobre a Lei Maria da Penha

O objetivo é facilitar o entendimento da Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/06) e onde e como as mulheres vítimas desse tipo de violência podem procurar ajuda.

GERAL | matéria escrita em 31/07/2014 ás 16:16:00

Segundo Arom, Planalto apoia prorrogação do prazo para extinção de lixões

Marinho da Caerd, informou que o Congresso e o governo federal já se sensibilizaram com a questão e sinalizam o interesse em aprovar uma medida prorrogativa ao prazo.

POLíTICA | matéria escrita em 31/07/2014 ás 12:02:00

PRE quer a impugnação do pedido de registro de candidatura de Romeu Reolon, ex-prefeito de Alto Paraíso

A fundamentação jurídica da PRE baseia-se no fato de que Romeu Reolon teve contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado.

GERAL | matéria escrita em 31/07/2014 ás 10:51:00

Sindsaúde cobra retroativo das progressões e insalubridade na Searh

O pedido de mudança na forma de pagamento está nas mãos da PGE para emissão de Parecer.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 31/07/2014 ás 10:06:00

Justiça revoga mandado de prisão de um dos acusados de participar do estupro e morte de Naiara Karine

Até agora persistem vários pontos obscuros sobre o assassinato da jovem, que trabalhava na loja da advogada e empresária Jaqueline Cassol , hoje candidata ao Governo pelo PR do senador Ivo Cassol.

GERAL | matéria escrita em 31/07/2014 ás 09:30:00

Semed abre 400 vagas no Ensino de Jovens e Adultos

A matrícula pode ser feita de segunda a sexta-feira, no período da noite, até o dia 30 de agosto, nas secretarias das escolas municipais que participam do projeto.

POLíTICA | matéria escrita em 31/07/2014 ás 09:27:00

Aluízio Vidal abre campanha pública de arrecadação de fundos para sua corrida ao senado

Ao analisar a importância da participação financeira da sociedade em sua campanha Aluízio Vidal disse que esta campanha para senador em Rondônia.

POLíTICA | matéria escrita em 31/07/2014 ás 09:25:00

TRE e FECOMÉRCIO firmam parceria para ‘conscientizar eleitores’

A Fecomércio vai apoiar esse trabalho, ajudando na impressão e distribuição dos cartazes. A parceria foi anunciada nesta segunda-feira (28).

GERAL | matéria escrita em 31/07/2014 ás 09:23:00

Curta Amazônia marca de empreendimento cultural rondoniense

A visibilidade positiva de uma marca é super importante, e requer muitos desafios.

POLíTICA | matéria escrita em 31/07/2014 ás 09:07:00

TJ Rondônia vai ouvir depoimento de deputado estadual acusado de embolsar dinheiro de assessora

A assessora tomou conhecimento de que, na verdade, esteve nomeada para o cargo no período de 2003/2004, sem nunca tê-lo exercido ou recebido qualquer valor do erário.

GERAL | matéria escrita em 31/07/2014 ás 08:38:00

Rondônia: LACEN investiga caso de doença de Chagas em paciente

Conhecida por tripanossomíase, a doença está sendo tratada no Centro de Medicina Tropical (Cemetron), em Porto Velho.

POLíTICA | matéria escrita em 31/07/2014 ás 08:36:00

Transposição: a culpa é do governo federal e da bancada de Rondônia

Valdemir Caldas

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 31/07/2014 ás 08:32:00

Rondônia: Denunciada por matar idoso será submetida a júri popular

De acordo com o que foi apurado, o crime teria sido praticado pelo fato de a vítima não ter assinado um falso contrato de compra e venda do imóvel em que residia.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com