/ geral / iptu

09/12/2013 - 16h41min - Atualizado em 09/12/2013 - 16h41min

Porto Velho: Semfaz divulga atualização do valor do IPTU para 2014

No caso do ano de 2013, a arrecadação do IPTU superou a expectativa.

Porto Velho, Rondônia - A atualização anual do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) no município de Porto Velho acontece em conformidade à Lei Complementar 199/2004. Para o caso dos imóveis edificados, que se constituem na parte mais expressiva do total da arrecadação, a base de cálculo para os valores é composta pela alíquota de 0,5 % do valor venal dos imóveis, para a qual podem ser aplicados percentuais redutores, e pela Unidade de Padrão Fiscal (UPF) relativa ao período passado desde a última atualização. No exercício de 2014 a atualização será correspondente a 11,71%.

De acordo com Adão Colombo, diretor em exercício da Divisão de Administração de Tributos da Secretaria Municipal de Fazenda (DAT/Semfaz), a base de cálculo para depreensão do valor venal dos imóveis em Porto Velho está defasada em função da Planta Genérica de Valores (PGV) ter sido atualizada pela última vez em 2003. Para atualizar a PGV é preciso imagens aéreas de toda a cidade, segundo um processo de fotos em alta definição chamado de aerofotogrametria. É por meio dessas imagens que são verificadas as mudanças ocorridas nos imóveis e são analisadas suas áreas construídas de acordo com os valores atualizados pelo mercado imobiliário.

Em 2003, quando ocorreu a última atualização da PGV, foi adotado um percentual redutor na Base de 35%, porque naquele momento o IPTU passava a ficar muito alto em relação ao ano anterior. Assim, de ano a ano o redutor deveria diminuir, até que não fosse mais adotado. Um imóvel no valor de R$ 100.000,00, por exemplo, passava a ser avaliado para efeitos de tributação por R$ 65.000,00. A cada ano o índice redutor deveria abaixar até que o imóvel pudesse ser considerado de acordo com a realidade demonstrada na PGV de 2003. À Semfaz caberia levar anualmente à Câmara Municipal um anteprojeto de lei propondo qual seria a taxa de redução. No caso do lançamento de 2014, o redutor deveria estar zerado, mas o prefeito, porém, pediu a manutenção do índice redutor em 5%.

Quanto ao percentual relativo à UPF, o calculo é feito pela média do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no período passado desde a última verificação até a data de lançamento do próximo período. Para o exercício de 2014, considerando-se a data de novembro de 2012 a outubro de 2013, o índice encontrado foi de 5,83%. O secretário da Semfaz, Marcelo Siqueira, explicou que a adequação aos diversos casos específicos para a cobrança do IPTU possibilitou o resultado geral de 11,83%.

No caso do ano de 2013, a arrecadação do IPTU superou a expectativa. O valor orçado era de 11,59 milhões, mas em outubro já se verificava uma arrecadação superior a 12 milhões. “O pagamento desse imposto é uma obrigação dos cidadãos. Em todo o território nacional ele é cobrado pelos municípios. Embora ainda tenhamos um índice muito alto de inadimplência, percebemos que em Porto Velho as pessoas estão se tornando mais conscientes de suas obrigações. Isso é bom para o município, mas também é bom para os contribuintes que não passa a acumular juros e multas aos seus impostos”, observou Adão Colombo.

De acordo com o secretário da Semfaz, os carnês do IPTU 2014 já foram licitados e, até a primeira quinzena de janeiro, deverão estar todos entregues nas residências. Nos primeiros dias de janeiro estarão também disponíveis pela WEB os valores relativos a cada imóvel. “Neste ano, a arrecadação foi quase maior pela WEB. Sabemos que esse é o melhor meio para arrecadação, porque ajuda ao contribuinte que não precisa mais se deslocar e vir à Semfaz, entrar em filas e esperar pelo atendimento. Contudo, de acordo com lei, a notificação do IPTU ocorre com a entrega dos carnês, essa é a forma oficial de notificação pessoal, de forma que não é pensado, ao menos por enquanto, a não emissão de carnês”, explicou Siqueira, que também informou que para o exercício de 2015 deverá haver mudanças na cobrança do imposto, porque uma nova Planta Genérica de Valores (PGV) deverá ser efetuada durante 2014, o que fará com que os valores venais sejam atualizados de acordo com as mudanças acontecidas na cidade e com a realidade do mercado imobiliário.

Por Renato Menghi

Leia também:

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/10/2014 ás 07:56:00

Convênio entre TJRO e Polícia Civil agiliza informações de mandados de prisão

O TJRO ficará responsável de enviar informações referentes aos Mandados de Prisões à Polícia Civil com todas as informações necessárias, inclusive o endereço completo da pessoa.

POLíTICA | matéria escrita em 30/10/2014 ás 07:49:00

Acir Gurgacz pede união nacional e combate à corrupção

Gurgacz rejeitou o conceito de que a eleição presidencial rachou o país ao meio. Para ele, o sentimento tem que ser de união nacional para se pensar o futuro do Brasil como um todo.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/10/2014 ás 07:38:00

Justiça Federal e Estadual julgam 74.186 processos de corrupção nos primeiros sete meses de 2014

A Meta 4 do CNJ estabelece que os tribunais identifiquem e julguem até 31/12/2014 as ações de improbidade administrativa e as ações penais relacionadas a crimes contra a administração pública.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/10/2014 ás 07:34:00

STJ rejeita recurso contra liminar que suspendeu anistia de Carlos Lamarca

portaria do Ministério da Justiça havia concedido anistia política post-mortem ao capitão Carlos Lamarca, com promoção ao posto de coronel e proventos de general-de-brigada.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/10/2014 ás 07:32:00

Mantida condenação de advogado que prestou serviços para Câmara de Vereadores sem licitação

O contrato de prestação de serviços, no valor de R$ 30 mil, foi assinado sem licitação prévia e sem a publicação das razões de dispensa ou inexigibilidade.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/10/2014 ás 07:27:00

Supremo suspende julgamento sobre validade da desaposentação

Não há data para a retomada do julgamento.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/10/2014 ás 07:23:00

Lei Antidrogas avança no Senado

Texto aprovado na CCJ do Senado diferencia usuários de traficantes.

POLíTICA | matéria escrita em 30/10/2014 ás 07:07:00

REFORMA POLÍTICA – PLEBISCITO OU REFERENDO?

Inácio Azevedo

GERAL | matéria escrita em 30/10/2014 ás 07:03:00

Escolas estaduais de Rondônia terão eleição para Diretor e Vice-Diretor em dezembro

Podem concorrer profissionais do Magistério com contrato de 40 horas que atendem aos requisitos do edital.

POLíTICA | matéria escrita em 30/10/2014 ás 06:46:00

PAINEL POLÍTICO - ALAN ALEX

Afastar Nazif é piorar o que já está ruim.

POLíTICA | matéria escrita em 30/10/2014 ás 06:43:00

Prefeito Mauro Nazif faz mudanças em seu secretariado

Na Semad, retornou à função o ex-secretário Mário Medeiros, no lugar de Jailson Ramalho que assume como seu adjunto.

POLíTICA | matéria escrita em 30/10/2014 ás 06:34:00

Assembleia de Rondônia aprova décimo terceiro salário para deputados e diz que cortou despesas e privilégios de parlamentares

De acordo com o deputado Hermínio Coelho, "esta medida visa estabelecer aos membros deste Poder o direito a que todo trabalhador faz jus, conforme preceitua o texto constitucional".

GERAL | matéria escrita em 30/10/2014 ás 06:27:00

Ministério Público de Rondônia encerra atividades do Outubro Rosa nesta quinta-feira

Durante todo o mês de outubro, o edifício do MPRO em Porto Velho ganhou iluminação rosa para marcar a adesão à campanha.

POLíTICA | matéria escrita em 30/10/2014 ás 06:25:00

Reforma Política: OAB conclama sociedade para assinar o projeto por eleições limpas

Seguindo os moldes da Lei do Ficha Limpa, o projeto tem origem na iniciativa popular e precisa de 1,5 milhão de assinaturas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/10/2014 ás 06:23:00

Mantida decisão do Júri que condenou mãe e filho por homicídio

Segundo apurado no processo, os condenados teriam, em unidade de desígnios e conjugação de esforços, contratado um pistoleiro – já falecido – para matar a vítima, pela quantia de cerca de R$ 2 mil.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com