/ geral / iptu

09/12/2013 - 16h41min - Atualizado em 09/12/2013 - 16h41min

Porto Velho: Semfaz divulga atualização do valor do IPTU para 2014

No caso do ano de 2013, a arrecadação do IPTU superou a expectativa.

Porto Velho, Rondônia - A atualização anual do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) no município de Porto Velho acontece em conformidade à Lei Complementar 199/2004. Para o caso dos imóveis edificados, que se constituem na parte mais expressiva do total da arrecadação, a base de cálculo para os valores é composta pela alíquota de 0,5 % do valor venal dos imóveis, para a qual podem ser aplicados percentuais redutores, e pela Unidade de Padrão Fiscal (UPF) relativa ao período passado desde a última atualização. No exercício de 2014 a atualização será correspondente a 11,71%.

De acordo com Adão Colombo, diretor em exercício da Divisão de Administração de Tributos da Secretaria Municipal de Fazenda (DAT/Semfaz), a base de cálculo para depreensão do valor venal dos imóveis em Porto Velho está defasada em função da Planta Genérica de Valores (PGV) ter sido atualizada pela última vez em 2003. Para atualizar a PGV é preciso imagens aéreas de toda a cidade, segundo um processo de fotos em alta definição chamado de aerofotogrametria. É por meio dessas imagens que são verificadas as mudanças ocorridas nos imóveis e são analisadas suas áreas construídas de acordo com os valores atualizados pelo mercado imobiliário.

Em 2003, quando ocorreu a última atualização da PGV, foi adotado um percentual redutor na Base de 35%, porque naquele momento o IPTU passava a ficar muito alto em relação ao ano anterior. Assim, de ano a ano o redutor deveria diminuir, até que não fosse mais adotado. Um imóvel no valor de R$ 100.000,00, por exemplo, passava a ser avaliado para efeitos de tributação por R$ 65.000,00. A cada ano o índice redutor deveria abaixar até que o imóvel pudesse ser considerado de acordo com a realidade demonstrada na PGV de 2003. À Semfaz caberia levar anualmente à Câmara Municipal um anteprojeto de lei propondo qual seria a taxa de redução. No caso do lançamento de 2014, o redutor deveria estar zerado, mas o prefeito, porém, pediu a manutenção do índice redutor em 5%.

Quanto ao percentual relativo à UPF, o calculo é feito pela média do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no período passado desde a última verificação até a data de lançamento do próximo período. Para o exercício de 2014, considerando-se a data de novembro de 2012 a outubro de 2013, o índice encontrado foi de 5,83%. O secretário da Semfaz, Marcelo Siqueira, explicou que a adequação aos diversos casos específicos para a cobrança do IPTU possibilitou o resultado geral de 11,83%.

No caso do ano de 2013, a arrecadação do IPTU superou a expectativa. O valor orçado era de 11,59 milhões, mas em outubro já se verificava uma arrecadação superior a 12 milhões. “O pagamento desse imposto é uma obrigação dos cidadãos. Em todo o território nacional ele é cobrado pelos municípios. Embora ainda tenhamos um índice muito alto de inadimplência, percebemos que em Porto Velho as pessoas estão se tornando mais conscientes de suas obrigações. Isso é bom para o município, mas também é bom para os contribuintes que não passa a acumular juros e multas aos seus impostos”, observou Adão Colombo.

De acordo com o secretário da Semfaz, os carnês do IPTU 2014 já foram licitados e, até a primeira quinzena de janeiro, deverão estar todos entregues nas residências. Nos primeiros dias de janeiro estarão também disponíveis pela WEB os valores relativos a cada imóvel. “Neste ano, a arrecadação foi quase maior pela WEB. Sabemos que esse é o melhor meio para arrecadação, porque ajuda ao contribuinte que não precisa mais se deslocar e vir à Semfaz, entrar em filas e esperar pelo atendimento. Contudo, de acordo com lei, a notificação do IPTU ocorre com a entrega dos carnês, essa é a forma oficial de notificação pessoal, de forma que não é pensado, ao menos por enquanto, a não emissão de carnês”, explicou Siqueira, que também informou que para o exercício de 2015 deverá haver mudanças na cobrança do imposto, porque uma nova Planta Genérica de Valores (PGV) deverá ser efetuada durante 2014, o que fará com que os valores venais sejam atualizados de acordo com as mudanças acontecidas na cidade e com a realidade do mercado imobiliário.

Por Renato Menghi

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 30/07/2015 ás 11:37:00

Campanha Sobreviventes tem a adesão do Ministério Público de Rondônia

Vítimas sequeladas dos acidentes serão mostradas em depoimentos, como um apelo a favor da paz nas ruas.

GERAL | matéria escrita em 30/07/2015 ás 11:33:00

Governo de Rondônia sorteia mais 3.046 unidades em seis empreendimentos habitacionais

A Seas reserva cota de 92 unidades destinadas a pessoas idosas ou com deficiências físicas.

POLíTICA | matéria escrita em 30/07/2015 ás 11:28:00

Léo Moraes cobra reforço de patrulhamento policial no Espaço Alternativo

Segundo Léo Moraes, o lugar é alvo de constantes assaltos a mão armada, furto a veículos, consumo de drogas entre outros crimes.

POLíTICA | matéria escrita em 30/07/2015 ás 10:23:00

Prefeitura em parceria com o MPT garante direitos dos trabalhadores do transporte coletivo

O acordo foi firmado em audiência na 7ª Vara do Trabalho, após ações impetradas tanto pela PGM quanto pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

POLíTICA | matéria escrita em 30/07/2015 ás 10:17:00

Célia Campos lança campanha à presidência do SINDSAÚDE/RO

Com a chapa 3, intitulada “ UNIR PRA MUDAR”, Célia Campos pretende lutar por um sindicato uno, participativo, representativo, combativo e sem rabo presos.

GERAL | matéria escrita em 29/07/2015 ás 15:19:00

Saia da aba do meu boné

Continua me sacaneando... Com sua crítica chibé... Você é um cabra sem futuro... Um ser humano de pouca fé

POLíCIA | matéria escrita em 29/07/2015 ás 13:07:00

Prosseguem buscas por homem que se atirou da ponte do Madeira

O carro de Wellinton foi achado por uma guarnição da Polícia Militar que fazia patrulhamento no local. As chaves do veículo estavam nas proximidades da mureta de proteção da ponte. As buscas prosseguem.

POLíCIA | matéria escrita em 29/07/2015 ás 12:54:00

Homem mata namorada enforcada, se apresenta na delegacia e diz que não se arrepende

Benedito revelou aos policiais que, para matar Eliane, utilizou a atadura de uma tipóia do braço dele machucado, deu um laço em torno do pescoço da vítima e a enforcou.

GERAL | matéria escrita em 29/07/2015 ás 12:36:00

Mega-Sena pode pagar R$ 46 milhões nesta quarta-feira

Com dinheiro, ganhador poderá comprar 57 imóveis de R$ 800 mil cada. Apostas podem ser realizadas até as 19h; aposta mínima custa R$ 3,50.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/07/2015 ás 12:20:00

GT Anticorrupção encerra trabalho com propostas para enfrentamento ao crime

...a criação de varas especializadas para julgamento de crimes de corrupção e de improbidade administrativa busca atender à Meta n. 4/2015 do Judiciário, que determina prioridade no julgamento desses crimes.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/07/2015 ás 12:12:00

Artigo: Insegurança Jurídica, por Andrey Cavalcante

Não há, por maiores esforços que se possa despender, como compreender as razões que levaram o juiz de direito da comarca de Cacoal, Carlos Roberto Rosa Burck, a cometer o verdadeiro desatino de contestar, ou pelo menos tentar “driblar” a decisão...

GERAL | matéria escrita em 29/07/2015 ás 11:04:00

Receita Federal dá nova oportunidade e empresas com dívidas podem regularizar perante o Fisco Federal e obter certidões negativas

É o chamado Programa de Redução de Litígios Tributários – PRORELIT da MP 865.

POLíTICA | matéria escrita em 28/07/2015 ás 15:44:00

No blog, Lúcio Mosquini faz balanço de seu primeiro semestre legislativo

"Em Brasília cobrei exaustivamente melhorias nas estradas de Rondônia"

POLíTICA | matéria escrita em 28/07/2015 ás 13:50:00

Reintegração: ocupantes do Bairro Universitário pedem apoio da DPE

Marcus Edson declarou que a Defensoria Pública está à inteira disposição da população para encontrar a melhor solução para o conflito.

POLíTICA | matéria escrita em 28/07/2015 ás 13:36:00

Resenha política -Robson Oliveira

Problemas grotescos no Espaço Alternativo. Confúcio reconhece pesadelo na saúde. O falastrão da Funcultural. Muita gente pode entrar pelo cano na Prefeitura. Baixas no PT, PC do PB e PSOL.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com