Terceira reunião da sala de crise do rio Madeira alerta para subida durante o carnaval

Em Porto Velho, a previsão de vazão é de alcançar 42.500 m3/s, elevando a cota da régua para 16 m no mesmo período. 

Fonte: CR PV
Publicada em 09 de fevereiro de 2018 às 11:19

Os meteorologistas do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia de Porto Velho (Censipam)  informam a previsão de chuvas acima da média para a bacia do rio Mamoré neste período de carnaval. Análise sobre o  rio Madeira, coerente com a ocorrência das chuvas, é de que as águas vão voltar a subir. O modelo do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), incorporado no Boletim diário da CPRM (Serviço Geológico do Brasil) , aponta que até o dia 15 de fevereiro  a vazão em Guajará-Mirim será de aproximadamente 16.000 m3/s, que corresponde ao o nível de 10,80m na régua da cidade. Em Porto Velho, a previsão de vazão é de alcançar 42.500 m3/s, elevando a cota da régua para 16 m no mesmo período. 

O Censipam acompanha a evolução diária das chuvas nas bacias que alimentam o rio Madeira e divulga o resultado  para as instituições parceiras, que se reuniram no Centro Regional de Porto Velho para participar da 3ª Reunião da Sala de Crise no dia 07 de fevereiro. 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook