12/03/2013 - 13h15min - Atualizado em 12/03/2013 - 13h15min

Transposição: lei suprime conquistas dos servidores

“O projeto de lei que fixa a remuneração dos servidores que optarem pela transposição traz inúmeras inconstitucionalidades e prejuízos aos policiais militares e servidores civis".

Carlos Henrique Ângelo

A declaração é do presidente da Associação dos Policiais e Bombeiros Militares do Ex-Território - Aspometron, tenente Luiz Francisco da Costa, que está preocupado com os prejuízos que poderão ser acarretados aos servidores optantes pela transposição pela aprovação da lei nº 12.249, DE 11 de junho de 2010 com o texto que tramita no Congresso. Ele adverte que o texto contém inúmeras inconstitucionalidades e vários artigos atentam contra direitos adquiridos tanto pelos militares como pelo pessoal civil.

A Aspometron está mantendo contato com os senadores Valdir Raupp e Acir Gurgacz, buscando sensibilizá-los para a necessidade de correção do texto que está sendo votado, para evitar que o sonho da transposição não se transforme em verdadeiro pesadelo para os servidores. O tenente Costa exemplifica com o caso dos policiais militares, dos quais são suprimidas vantagens conquistadas durante os anos de serviço prestados ao Estado e incluídas em seu patrimônio jurídico desses servidores. Isso constitui, segundo ele, uma ao direito adquirido e a coisa julgada material, princípios assentados na Constituição de 88.

Isso ocorre, por exemplo, naquilo que estabelece o artigo 3º, do projeto de lei, no qual são suprimidas dos policiais militares as gratificações de auxílio alimentação, auxílio moradia, auxílio natalidade, auxílio funeral, dentre outras, as quais são percebidas pelos policiais militares pertencentes ao quadro em extinção abrangidos pela Emenda nº 38/2002 regulados na lei n. 10.486/2002, bem como, pelos seus pares de Distrito Federal, Amapá e Roraima.

Outro exemplo está no parágrafo único do artigo 7º., do projeto de lei, que afronta diretamente o artigo 5º - inciso XXXVI da Constituição Federal, que diz: “A lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada”. Acontece que ao suprimir conquistas judiciais dos servidores militares, o texto em votação obriga o servidor a abrir mão de conquistas judiciais transitadas em julgado e amealhadas ao longo de sua vida profissional.

Ainda, no artigo 4º, o projeto de lei, considera que as vantagens instituídas pela lei n. 10.486/2002 aos policiais militares dos ex-territórios somente serão estendidas aos servidores ativos, retirando dos inativos a possibilidade de percepção de vantagens em condições de igualdade com os demais integrantes do quadro em extinção da União, o que também viola o princípio da isonomia de tratamento que deve nortear as relações jurídicas entre os cidadãos.

Além de flagrantes inconstitucionalidades o projeto de lei conflita com vários artigos da lei n. 12.249/2010, que regulamenta a emenda 60. Tal emenda deu nova redação ao artigo 89 do ADCT e estabeleceu os critérios para a transposição. Há que se observar que a lei n. 12.249/2010, assegurou direitos e vantagens aos policiais militares e servidores que não podem simplesmente ser ignorados no projeto de lei.
O artigo 86 dessa lei assegura ao servidor todas as conquistas amealhadas ao longo de suas carreiras, inclusive aquelas decorrentes de decisões judiciais e que não podem agora ser extirpadas do mundo jurídico sujeitando os servidores a renunciar a direitos já incorporados no seu patrimônio.

Na verdade, segundo o tenente Luiz Francisco da Costa, a permanecerem os termos do projeto de lei já aprovado na Câmara Federal significa dizer que os optantes pela transposição, abrangidos pela emenda 60, serão considerados verdadeiros párias da União. A sonhada transposição ocorrerá em condições humilhantes e sem os mesmos direitos dos servidores que já compõem o quadro em extinção, além de obriga-los a sujeitar-se a regras discriminatórias.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Avatar de EDVALDO

Postado por EDVALDO em 13/03/2013 às 20:00

concordo com meu amigo apolinario, mas nem um sego nao entendeu o projeto de lei, afronta e humilha todos nos funcionários do estado, que estamos sendo enganados a muitos anos, por isso e por muito mais que eu estou hoje na reserva, muita covardia com funcionários.

186.225.150.42
Avatar de AMÉRICO CASTRO

Postado por AMÉRICO CASTRO em 13/03/2013 às 13:40

O problema BRAZILINO é que o servidor fará "opção". Se ele optar em ir para os quadros federais, essa coisa de direito adquirido não vai valer mesmo não porque será uma ESCOLHA do servidor... enfim enganaram agente

189.9.20.146
Avatar de J.COSTA

Postado por J.COSTA em 12/03/2013 às 21:33

isso é uma vergonha para rondonia ter esses politiqueiros sem moral sem competencia segundo eles nos representa.

177.0.41.153
Avatar de BRAZILINO VIANA

Postado por BRAZILINO VIANA em 12/03/2013 às 17:51

É nisso que, eleger parlamentares ignorantes e analfabetos funcionais. O único que tem conhecimento técnico nessa área é o Moreira Mendes, porém, ele não está nem um pouco preocupado com os servidores que se diz representante.Na verdade o teor dos arts. 5º e 7º do texto aprovado pela câmara federal contém erros e quívocos primários; só os analfabetos funcionais não percebem.A supressão de direitos adquiridos ferem, "estupram" o art. 60, § 4º do Texto Magno, que trata das cláusulas pétreas. Meu caro Luiz Francisco da Costa, a solução é deixar aprovar como está e depois bater à porta do STF. Cá entre nós, não se humilhe, pedindo algo aos senadores do nosso Estado, porque são todos da base do governo, apenas para bater palmas, mas na essência, são todos uns medrosos e incompetentes; eis que só representam os seus próprios interesses,

177.1.255.181
Avatar de JOAO

Postado por JOAO em 12/03/2013 às 17:22

Somente agora este pateta fala isso? Depois de tantas reuniões e declarações favoráveis?

189.75.118.67
Avatar de A..SANTOS

Postado por A..SANTOS em 12/03/2013 às 15:37

verdade presidente,estamos aguardando a nossa transposição via judicial pela emenda 38 espero que não demore...pois esperar algo de politico EM VERDADE VOS DIGO, PARA CONVENCER UM ELEITOR BASTA DIZER O QUE ELE QUER OUVIR, MESMO QUE SEJE UMA GRANDE MENTIRA.....

177.77.192.88

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 18:53:00

Advogados têm benefícios na Caixa Econômica via convênio com a OAB

Dentre as principais vantagens estão: linhas de crédito especiais para aquisição de imóveis, subsídios para equipar escritórios, cartão de crédito com certificação digital e programa de milhagem que poderá ser utilizada...

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 18:46:00

Prefeitura prossegue com remoção de árvores que entopem sistema de drenagem

No caso das Nações Unidas, falta a prefeitura retirar somente uma árvore que está localizada na direção da Rua Elias Gorayeb, no canteiro central da pista.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:30:00

Cássio Cunha Lima quer tornar crime violação de prerrogativas

De acordo com o presidente nacional da OAB, o projeto tipifica penalmente as violações de prerrogativas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:27:00

CNJ decide pela remoção de magistrado

O presidente do CNJ, ministro Ricardo Lewandowski, reforçou a decisão ao considerar, no caso específico, a remoção como “o melhor remédio previsto pela legislação”.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:26:00

Auxiliar de limpeza que higienizava banheiros de supermercado receberá adicional de insalubridade

Admitida em março de 2007, a empregada limpava sanitários, recolhia o lixo, varria o piso e limpava a área administrativa. A partir de 2010, passou a trabalhar apenas no setor administrativo, limpando o vestiário feminino.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:23:00

Administração deve justificar proporcionalidade entre infração e sanção

Ao analisar o mandado de segurança impetrado pela defesa, a desembargadora convocada Marga Tessler, relatora, concluiu que os 33 anos de carreira pública do servidor deveriam ter sido considerados...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:20:00

REs em causas de juizados especiais cíveis são admitidos apenas em situações excepcionais

O entendimento foi firmado no exame de três recursos extraordinários com agravo (AREs) da relatoria do ministro Teori Zavascki.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:12:00

Inscrições para o concurso público da Defensoria Pública encerram na segunda,30

As provas para ambos os cargos serão realizadas no dia 24 de maio em Porto Velho.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:03:00

Trabalhadores em educação do município aguardam resposta da Prefeitura até segunda-feira

Esse será o último prazo aprovado pela categoria para que a administração municipal responda se aceita ou não a contraproposta apresentada na rodada de negociações realizada na última segunda-feira.

POLíTICA | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:00:00

Empresários querem ajustes na revisão de lei do ICMS

Os empresários manifestaram preocupação com a possível retirada dos voos que atendem Ji-Paraná e região.

POLíTICA | matéria escrita em 27/03/2015 ás 16:55:00

Em Ji-Paraná, Maurão volta a cobrar fim de isenção fiscal a frigoríficos

Presidente da Assembleia se reúne com a imprensa e reforça críticas ao benefício tributário aos frigoríficos.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 16:52:00

Presidente da FEBRAFISCO esteve em Rondônia e reuniu-se com Técnicos Tributários

O Presidente aproveitou a oportunidade para mostrar que a tentativa de excluir cargos que pertencem à carreira fazendária, mas que não possuem a denominação de Auditor Fiscal, ocorre em vários Estados .

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 13:30:00

Em ação da ACV, Justiça condena concessionárias de veículos em 100 mil por propaganda enganosa

As concessionárias La Villette, Saga, LF Imports, Via Pinheiro, Porto Nissan, Sabenauto, Porto Renault e Autovema foram alvos de uma ação civil pública, impetrada em agosto de 2010, pela Associação Cidade Verde.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 12:10:00

Pai adotivo garantiu direito a salário-maternidade em Rondônia

Previdência social concedeu quatro de meses para convivência entre pai e filha.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 12:07:00

Assembleia apoia causa do autismo e promove audiência pública

Deputados debatem no dia 9 os direitos das pessoas que estão no espectro autista.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 SRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Gonçalves Dias, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com