Como a desorganização pode afetar a saúde mental?

Psicóloga explica que a organização do ambiente pode auxiliar na saúde mental, promovendo sensação de controle, tranquilidade e bem-estar

Assessoria
Publicada em 26 de fevereiro de 2024 às 16:11
Como a desorganização pode afetar a saúde mental?

Você já parou para pensar como a bagunça ao seu redor pode influenciar seu estado mental? A desorganização vai além de simplesmente bagunçar o espaço físico, ela mexe com nossas emoções. De acordo com Tatiane Paula, psicóloga clínica, os efeitos incluem aumento do estresse, sobrecarga emocional, dificuldades de concentração e baixa autoestima. A sensação de falta de controle sobre a própria vida pode levar a uma queda na autoconfiança e atenção, contribuindo para o desenvolvimento de sintomas de depressão.

A desorganização está diretamente ligada ao aumento do estresse e ansiedade. “Quando cercados por bagunça, nosso cérebro interpreta isso como um sinal de perigo, desencadeando respostas de estresse e gerando preocupações constantes. A associação entre desorganização e aumento de estresse varia de acordo com as respostas condicionadas do indivíduo ao ambiente desorganizado”, relata a especialista.

Segundo a psicóloga, os sinais de que a desorganização contribui para problemas de saúde mental incluem dificuldades de foco, sobrecarga emocional, irritabilidade, procrastinação constante e insatisfação geral com a vida. “Identificar esses sinais e buscar ajuda profissional é essencial para desmistificar crenças limitantes e desenvolver comportamentos mais estruturados”.

A organização do ambiente pode influenciar positivamente na saúde mental, promovendo sensação de controle, tranquilidade e bem-estar. Tatiane explica que um ambiente organizado reduz o estresse, aumenta a autoconfiança e facilita o relaxamento, contribuindo para a realização das tarefas rotineiras com eficiência.

Para manter uma rotina organizada e promover a saúde mental, a psicóloga ressalta que é fundamental reservar tempo para atividades de relaxamento e autocuidado. Priorizar tarefas, criar listas de afazeres e desenvolver consciência sobre limites são estratégias importantes. Manter o ambiente de trabalho e casa organizados, além de compreender e lidar com as desorganizações internas, são passos fundamentais para uma vida mais equilibrada.

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook