Polícia evitou que mulher cometesse suicídio se jogando de cima da ponte do Rio Madeira

A mulher deu seu endereço. No trajeto, disse aos PMs que sofre de depressão e discutiu no trabalho.

Tudorondonia
Publicada em 08 de janeiro de 2019 às 10:21
Polícia evitou que mulher cometesse suicídio se jogando de cima da ponte do  Rio Madeira

Porto Velho, Rondônia - Na  madrugada desta  terça-feira (08), uma mulher de 34 anos foi salva por uma guarnição do 1° Batalhão da  Polícia Militar. Os policiais evitaram ela  cometesse suicídio. A mulher ameaçava  se jogar da ponte do  Rio Madeira. 

Conforme relatos dos policiais, eles estavam em patrulhamento pela Vila do Dnit,  na BR- 319, após a ponte. Quando retornavam,  avistaram a mulher chorando, com uma perna sobre a grade de proteção. Os militares começaram a conversar com a mulher.

Depois de alguns minutos de conversa,  a possível vítima,  que sofre de depressão,  desistiu e foi amparada pelos policiais,  que a colocaram dentro da viatura. A  alguns metros dali a moto dela foi encontrada jogada ao lado de um capacete.

A mulher deu seu endereço. No trajeto, disse aos PMs que sofre de depressão e discutiu no trabalho. Seu marido disse aos policiais que ela já havia tentado se matar outras vezes. A motocicleta foi entregue e o caso, registrado no 1º DP.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook