Prefeitura reúne secretarias municipais para grande força-tarefa contra a dengue

Entre as atividades estão serviços de roçagem, recolhimento de resíduos e educação em saúde, ambiental e sanitária

Texto: Semusa Foto: SMC/ Wesley Pontes/ Leandro Morais
Publicada em 24 de fevereiro de 2024 às 10:37

O bairro Castanheira será o primeiro a receber a visita dos ACSO bairro Castanheira será o primeiro a receber a visita dos ACS

A Prefeitura de Porto Velho inicia, na próxima segunda-feira (26), uma grande força-tarefa contra a dengue. O mutirão, integrado por diversas secretarias municipais, será realizado nos bairros com maior índice de infestação do mosquito Aedes aegypti.

O trabalho prevê serviços de roçagem, capinação, raspagem, varrição, recolhimento de resíduos (lixo), limpeza de boca de lobo, além de orientações e educação em saúde, ambiental e sanitária.

1° Etapa – Educação e Orientação

A fase inicial da força-tarefa, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e seus parceiros, tem como objetivo informar sobre os desdobramentos da operação e como cada cidadão deve participar. O bairro Castanheira será o primeiro a receber a visita dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), a partir de 26 de fevereiro.

2° Etapa – Mutirão de Limpeza

A partir do dia 4 de março, inicia a etapa de visita domiciliar por parte dos Agentes de Combate a Endemias (ACE), com serviços de educação em saúde e orientação sobre o mosquito e as doenças causadas (dengue, zika e chikungunya).

2ª etapa conta com a visita domiciliar dos ACE2ª etapa conta com a visita domiciliar dos ACE

Juntamente com os ACEs, inicia a fase operacional de limpeza, com o recolhimento de todo o resíduo descartado nas ruas do bairro Castanheira, conforme o cronograma previamente definido. Nas datas e ruas onde o serviço será realizado, a população deve depositar o lixo na frente de suas residências para que o maquinário faça o recolhimento.

Nessa fase da força-tarefa, entra o trabalho da Secretarias Municipal de Serviços Básicos (Semusb), Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema), Secretaria Municipal de Obras (Semob), Secretaria Municipal de Agricultura (Semagric) com o emprego de máquinas, equipamentos e recursos humanos.

Para o secretário da Semusb, Cleberson Pacheco, "a divisão do mutirão em fases é fundamental para garantir maior adesão da sociedade, além de orientar os moradores sobre quais resíduos devem ser descartados e como fazer".

A força-tarefa contra a dengue deve ser uma ação contínua, desenvolvida pelos próximos meses, em constante atualização nos canais oficiais da Prefeitura, sempre com foco nos bairros com mais índice de proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Serviço de limpeza será realizado na fase inicial do mutirão

Serviço de limpeza será realizado na fase inicial do mutirão

Para o secretário municipal de Meio Ambiente, Robson Damasceno, "é fundamental o empenho de todos nesse combate, que envolve a conscientização sobre como prevenir focos do mosquito e proteger a todos".

Eliana Pasini, secretária municipal de saúde, explica que o objetivo da ação conjunta é trabalhar em todos os aspectos que envolvem a dengue, começando pela educação e finalizando com a limpeza.

“Somente orientando e tratando os pacientes não teríamos tanta eficiência contra essa doença, pois isso essa grande mobilização de secretarias para que possamos, juntos, orientar, tratar e também auxiliar no recolhimento de materiais que servem de criadouros do mosquito e que, nem sempre, as pessoas conseguem descartar”, explicou a secretária.

Fiscalização

No imóvel onde as equipes precursoras identificar irregularidades, como criadouros do mosquito, e houver a recusa do proprietário em participar/colaborar com a ação, os fiscais da Vigilância Sanitária também entrarão em cena para autuar os responsáveis.

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook