RETICÊNCIAS POLÍTICAS - Elevado número de mortes entre 13 a 18/05 indica grande subnotificação de casos confirmados

Comparando este crescimento do número de mortes com o de novos casos confirmados, também, nos últimos 5 dias, constata-se que que estas 33 mortes  (83-50) representam um aumento de 66%

Itamar Ferreira
Publicada em 19 de maio de 2020 às 09:09
RETICÊNCIAS POLÍTICAS - Elevado número de mortes entre 13 a 18/05 indica grande subnotificação de casos confirmados

O número de mortes disparou assustadoramente nos últimos cinco dias, de 14 a 18 de maio deste, com um total de 33 novos óbitos. Esta quantidade equivale praticamente ao total de mortes ocorridas de 1º a 13 de maio, que foi de 34 óbitos.

Comparando este crescimento do número de mortes com o de novos casos confirmados, também, nos últimos 5 dias, constata-se que que estas 33 mortes  (83-50) representam um aumento de 66%. Neste mesmo período o número de novos casos foi de 431 (2.043-1.612), um crescimento percentual de 26,74%; ou seja, bem menos do que a metade do percentual de óbitos.

Esta desproporção tão grande - entre os crescimentos percentuais de novos casos e de mortes - indica um elevado número de subnotificações, provavelmente decorrente do baixo número de testes realizados. Com a baixa testagem o número de infectados cresce bem menos e fica subnotificado; já com o número de mortes não dá, ou é muito mais difícil, ficar subnotificado.

Analisando um período maior do que os últimos cinco dias, comparando a evolução de casos confirmados e de mortes a partir do Decreto do governador de 26/04/2020 até 18/05, o crescimento percentual no período foi de: 461,26% no número de novos casos e 730% na quantidade de novos óbitos, outra clara evidência de grande subnotificação, planilha anexa.

ANÁLISE DO CRESCIMENTO DO CORONAVÍRUS A PARTIR DE 26/04 **

- 1.679 novos casos de infectados no ESTADO a partir 27/04, crescimento de 364 para 2.043, um aumento de 461,26%; já o número de mortes aumentou de 10 para 83 ou 730% a mais.

- 1.320 novos casos de infectados somente em PORTO VELHO no mesmo período: subiu de 260 para 1.580, um aumento de 507,69%. Importante ressaltar que 77% dos casos confirmados no Estado estão em Porto Velho.

- Últimas 24 HORAS: no Estado todo houve 80 novos infectados, um aumento de 4,08%, sendo que deste total 71foram em Porto Velho. Já as mortes nas últimas 24 horas totalizaram 9 ou mais 12,16%. Estas nove mortes é o maior número em um dia desde o início da pandemia, o recorde anterior foi de 7 em 16 de maio.

* Itamar Ferreira, advogado e autor da coluna.

** A planilha anexa, elaborada pela coluna “Reticências Políticas”, considera a evolução do coronavírus a partir do Decreto do governador de 26/04/2020.

 

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook