Terceira reunião da sala de crise do rio Madeira alerta para subida durante o carnaval

Em Porto Velho, a previsão de vazão é de alcançar 42.500 m3/s, elevando a cota da régua para 16 m no mesmo período. 

Fonte: CR PV
Publicada em 09 de fevereiro de 2018 às 11:19

Os meteorologistas do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia de Porto Velho (Censipam)  informam a previsão de chuvas acima da média para a bacia do rio Mamoré neste período de carnaval. Análise sobre o  rio Madeira, coerente com a ocorrência das chuvas, é de que as águas vão voltar a subir. O modelo do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), incorporado no Boletim diário da CPRM (Serviço Geológico do Brasil) , aponta que até o dia 15 de fevereiro  a vazão em Guajará-Mirim será de aproximadamente 16.000 m3/s, que corresponde ao o nível de 10,80m na régua da cidade. Em Porto Velho, a previsão de vazão é de alcançar 42.500 m3/s, elevando a cota da régua para 16 m no mesmo período. 

O Censipam acompanha a evolução diária das chuvas nas bacias que alimentam o rio Madeira e divulga o resultado  para as instituições parceiras, que se reuniram no Centro Regional de Porto Velho para participar da 3ª Reunião da Sala de Crise no dia 07 de fevereiro. 

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook