Valuation: qual o melhor momento de fazer na sua empresa?

O exercício de valuation pode ser feito a qualquer tempo. Ele tem como benefício gerar clareza sobre o panorama atual da companhia e suas perspectivas futuras

Redação
Publicada em 18 de julho de 2022 às 15:13
Valuation: qual o melhor momento de fazer na sua empresa?

Você sabe quanto a sua empresa vale? Avaliar o seu negócio periodicamente é uma prática importante, ainda que não haja intenção de venda imediata. Neste artigo, explicaremos qual o melhor momento para o valuation, motivos,  fatores que impactam nele, e como calcular o valor de uma empresa. Faremos ainda referência às três formas de valuation mais aceitas pelo mercado.

Quando fazer a avaliação da empresa?

O exercício de valuation pode ser feito a qualquer tempo. Ele tem como benefício gerar clareza sobre o panorama atual da companhia e suas perspectivas futuras. Essa tarefa exige levantar os dados históricos, elaborar projeções e ter visibilidade sobre como cada área do negócio performa, o que é um exercício muito positivo.

Se você planeja vender a sua empresa, fazer esse cálculo de valor é imprescindível. O valuation dará a base racional para precificar a sua proposta e negociar com possíveis investidores. Assim, para otimizar o valor de venda da sua sociedade, a melhor opção é incluir esse cálculo na preparação do negócio.

E se o seu intuito é adquirir uma sociedade, avaliar a empresa que pretende comprar é a forma de assegurar o pagamento de um valor justo, e assim lucrar com a aquisição.

Por que fazer o valuation?

O procedimento de avaliar uma empresa pode ter diversas utilidades, além dos benefícios citados. Como mencionamos, para o sócio de uma empresa, o valuation o ajudará a entender qual o valor justo para a venda de uma fatia ou o total da companhia. Já para o investidor, esse exercício serve como parâmetro sobre o valor justo a pagar para adquirir uma participação no negócio.   

Existem ainda outras funções para o valuation: para que um assessor financeiro explique e negocie o melhor valor possível para a venda de uma empresa; um sócio de empresa saiba o valor atual de seu patrimônio; ou um analista de mercado de capitais avalie se é o momento de comprar ou vender a ação de uma empresa listada em Bolsa.

Quais fatores impactam o valor de uma empresa?

Existem diversas variáveis que influenciam o cálculo do valor de uma companhia, bem como os métodos utilizados para isso. É uma análise complexa, que engloba dados financeiros e fatores subjetivos. O valuation da empresa deverá passar ainda pelo teste do mercado – o quanto os investidores estão de fato dispostos a pagar por ela.

Ainda que existam fatores subjetivos e de contexto de mercado que deverão ser considerados, o cálculo do valuation da empresa mostra-se muito útil por

trazer informações importantes sobre os principais aspectos que influenciam o valor da sua empresa, que podem ser usadas na hora da negociação.

Dentre os temas mais observados em um processo de avaliação estão: lucratividade; potencial de crescimento; independência dos ativos; controle dos passivos; variedade de clientes; força da marca; longevidade do negócio, entre outros.

Quais as formas de avaliar uma companhia?

Há três métodos de referência no mercado para a avaliação de valor de uma empresa. Dentre elas, a forma mais habitual de avaliação para uma companhia em funcionamento é a abordagem pela renda – Fluxo de Caixa Descontado (FCD ou DCF, em inglês). O conceito é descontar a valor presente os fluxos de caixa da sua empresa, sem considerar as dívidas, e depois subtrair o valor da dívida.

A segunda forma, a mais simples dentre as três, é a avaliação pelo mercado. Ela pode ter o enfoque de ¨múltiplos de mercado¨ de empresas comparáveis ou valor de ¨cotação de mercado¨. No primeiro enfoque, o valor da empresa é medido a partir da comparação do desempenho econômico-financeiro de companhias semelhantes no mercado. Já o enfoque da ¨cotação¨ pode ser usado apenas para empresas com ações negociadas em Bolsa.

Existe ainda o valuation por ativos ou valor patrimonial. Este valor se refere à soma de todos os ativos da companhia, incluindo imóveis, maquinário, dinheiro, estoque com o desconto dos seus passivos ou dívidas. Trata-se de um método que tende a desfavorecer empresas financeiramente saudáveis, sendo normalmente utilizado para avaliar companhias em dificuldade ou prontas para serem liquidadas.

A avaliação da sua empresa exigirá a análise de diversos fatores para obter o resultado mais alinhado aos seus objetivos de negócio. Contar com uma assessoria especializada, com a expertise de atuação em diversos setores e regiões geográficas e sólido relacionamento com investidores o ajudará a tomar a melhor decisão. A Capital Invest oferece consultoria em M&A, auxiliando empresas nacionais e estrangeiras no Brasil a gerar maior valor com menor risco.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook