Geração de empregos: Empresa planeja construir shopping popular e Ceasa em Porto Velho

Presidente da Assembleia acompanhou a apresentação dos projetos ao governador.

Eranildo Costa Luna          
Publicada em 10 de agosto de 2017 às 16:44
Geração de empregos: Empresa planeja construir shopping popular e Ceasa em Porto Velho

                                                

Um grupo empresarial com capital chinês e brasileiro, sediado em São Paulo, estuda investir em Porto Velho na construção de um shopping popular e de um centro de abastecimento de frutas, verduras e legumes (Ceasa). Nesta quinta-feira (10), os empresários Kobori Zenichi e Francisco Machado apresentaram os projetos preliminares ao governador Confúcio Moura (PMDB) e ao presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Maurão de Carvalho (PMDB).

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), foi quem intermediou o encontro dos investidores com o governador. "É uma grande oportunidade de negócios, com a geração de empregos e de novas oportunidades, mostrando que a nossa força econômica desperta o interesse de investidores de fora de Rondônia", destacou Maurão.

"Especialmente um centro de abastecimento, nos moldes das Ceasas, é muito importante para nós e a proposta é interessante. A Secretaria de Estado da Agricultura, inclusive, está estudando essa possibilidade e poderia trocar informações com os investidores, sob a forma de uma parceria, em que todos saiam ganhando", observou Confúcio.

Kibori informou que o grupo empresarial busca área onde possam construir os empreendimentos. "No caso do shopping popular, a nossa expectativa é de criarmos 800 lojas, em três pavimentos, com praça de alimentação e outros serviços, num investimento em torno de R$ 40 milhões, com a geração de pelo menos três mil empregos diretos", afirmou.

Ele disse ainda que um modelo construído em Cuiabá (MT) pelo grupo empresarial, já é um sucesso. "Rondônia é a bola da vez, por sua localização e por sua força econômica. O nosso foco é investir em projetos economicamente viáveis", completou.

Comentários

  • 1
    image
    waldemir cruz 10/08/2017

    É isso que Porto Velho precisa,empreendimentos que fomente a produção de produtos da agricultura familiar e de produção..... Porem os preços deste produtos no consumo interno,devem ser assegurado pelo governo. Para que os empresario "exploradores e a travesadores"não visse só as exportações e lucros esquecendo o povo de Porto Velho e regiões.

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook