Caminhoneiro que matou colega a tiros na cidade de Cabixi é preso e arma usada no crime é encontrada em sítio

Informações anônimas levaram PM de Jaru ao sítio na área rural de Theobroma.

Da redação com A Notícia Agora
Publicada em 12 de julho de 2019 às 14:54
Caminhoneiro que matou colega a tiros na cidade de Cabixi é preso e arma usada no crime é encontrada em sítio

Foi preso na tarde de ontem (quinta-feira, 11) na área rural de Theobroma, na região central de Rondônia, o caminhoneiro Antônio Assaíde Fazolin, 56 anos, acusado de matar a tiros o colega de profissão Everaldo de Melo Souza, 42, conhecido como “Zói de Gato”.  O crime aconteceu em Cabixi, após uma discussão entre os dois. O autor do homicídio estava com a prisão decretada e era considerado foragido. Lembre aqui.

De acordo com sites da região onde foi feita a captura, informações anônimas recebidas pelo Batalhão da PM em Jaru, cidade onde Antônio mora, apontaram o sítio onde ele estava escondido.

Quando os policiais chegaram à propriedade rural, o motorista, que estava ciente de que era procurado, se entregou sem reagir. Perguntado sobre a arma utilizada no crime, ele alegou que o irmão havia guardado. Em buscas pela casa, o revólver calibre .38, que segundo Fazolin, possui registro, foi encontrado.

Após exame de corpo de delito, o ex-foragido foi levado para a Unisp de Jaru, mas talvez acabe sendo trazido para Colorado do Oeste, onde o crime é investigado.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook