Centro Especializado de Atenção às Vítimas de crimes e atos infracionais faz visitas a rede de atendimento municipal

“Conexão CEAV atuando com a de atendimento” tem promovido visitas às Instituições que prestam apoio psicológico, social e jurídico da cidade de Porto Velho e seus distritos

Assessoria de Comunicação Institucional
Publicada em 26 de fevereiro de 2024 às 15:14
Centro Especializado de Atenção às Vítimas de crimes e atos infracionais faz visitas a rede de atendimento municipal

A equipe de atendimento do Centro de Atenção às Vítimas de Crimes e Atos Infracionais – CEAV, do Poder Judiciário de Rondônia, vem realizando visitas às instituições da rede de atendimento em saúde, psicológica, social e jurídica de Porto Velho com o objetivo de apresentar os seus serviços, bem como fomentar parcerias. Esse contato faz parte do projeto “Conexão: CEAV atuando com a rede de atendimento”, que busca o aprimoramento do atendimento às vítimas. 

A foto mostra a equipe posando durante a visita.

Instituído em 2022, o CEAV do TJRO, tem como objetivo priorizar o atendimento humanizado às vítimas de crimes e atos infracionais, proporcionando o direito à informação, atendimento especializado, encaminhamentos, orientações, escuta, entre outras questões. O CEAV atua por uma justiça que seja inclusiva, em conformidade com os valores e princípios do Poder Judiciário de Rondônia.  

“O diálogo com a rede de atendimento é de fundamental importância para a realização do trabalho no Centro, uma vez que uma das funções do CEAV, conforme previsto na Resolução N. 245/2022-TJRO, é o permanente contato com a rede de serviços públicos e privados para o atendimento das vítimas de crimes, diretas e indiretas, com o propósito de encaminhá-las formalmente, visando suprir suas necessidades”, destacou a psicóloga do CEAV, Litiane Lima. 

Dentre as visitas já realizadas, clínicas de psicologia da Faculdade São Lucas, Faculdade Católica e Fundação UNIR, o Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi), Centro de Atenção Psicossocial Três Marias (CAPS II), Centro de Atenção Psicossocial MadeiraMamoré (CAPS Madeira Mamoré), Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras drogas (CAPS ad), Associação Ana Fonseca de Epilepsia (ANAFE), Coordenadoria Estadual de Políticas Sobre Drogas (CPOAD), Policlínica Oswaldo Cruz (POC), entre outras.

Clique aqui e conheça o Centro de Atenção às vítimas de crimes e atos infracionais 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook