EDUCAÇÃO: Conselho se reúne para discutir planejamento pedagógico

Ainda não há previsão de data para o retorno das aulas presenciais, mas se discute protocolos de segurança, medidas sanitárias e pedagógicas

Comdecom
Publicada em 31 de julho de 2020 às 17:57
EDUCAÇÃO: Conselho se reúne para discutir planejamento pedagógico

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizou mais uma reunião por meio do Comitê de Gestão e Decisão nesta sexta-feira (31), com o objetivo de apresentar a minuta do plano de retorno às aulas presenciais aos representantes de todas as instituições participantes, como Semed, Semusa, CME, Sintero, Sinprof e a Comissão de Educação da Câmara de Vereadores de Porto Velho.

O objetivo foi discutir o conteúdo do planejamento que já foi apresentado em outra oportunidade para melhorar cada vez mais os protocolos sanitários e de educação, ainda sem data para o retorno às aulas presenciais.

O plano apresenta protocolos sanitários e medidas pedagógicas para o retorno das aulas presenciais com segurança para os alunos da rede municipal de Porto Velho, mas ainda sem data prevista. A Semed ainda não tem previsão para o retorno e ressalta que somente os órgãos de saúde poderão dizer o momento propício para o retorno presencial, entretanto este plano planeja e executa ações de reorganização escolar para o retorno às aulas presenciais.

A secretária municipal adjunta de Educação, Gláucia Negreiros, diz que esse é um momento importante para a Semed. “Estamos entregando junto com as instituições parceiras o nosso plano de retorno, cujo planejamento deve estar pronto, embora não possamos prever ainda para quando, ainda que seja uma vez por semana em sistema de rodízio de alunos”.

A Semed garante a continuidade das atividades remotas, assegurando a participação de todos os alunos, seja por meio de plataformas virtuais ou atividades impressas. A execução do plano só ocorrerá com a finalidade de que os protocolos sanitários estejam certos para o momento oportuno acolher os alunos, profissionais e famílias, garantindo o papel social das escolas”.

A diretora do Departamento Administrativo do Conselho Municipal de Educação, Amanda Cristina de Carvalho Chagas, que faz parte da Comissão de Medidas Sanitárias, ressalta que “a reunião abordou a questão da pandemia, este momento em que muitas famílias temem levar seus filhos às escolas novamente, mas o ano precisa ser completado. Os 200 dias letivos precisam ser finalizados e por isso o município, por meio da Semed, reuniu as instituições parceiras para a construção de um plano por várias mãos, mentes e corações, para que possamos todos pensar na melhor forma de fazer o retorno às aulas dar certo, com segurança para todos os alunos, profissionais das escolas e das famílias. O Conselho Municipal de Educação tem o prazer de fazer parte desse momento de discussão e construção desse planejamento”.

Domingos do Rosário Izel Prestes do Espírito Santo, diretor da Região Norte do Sintero e conselheiro municipal de Educação, disse que foi de suma importância a reunião pois teve a participação de várias entidades que representam a Educação em Porto Velho, que abrange a comunidade escolar com professores, técnicos, alunos, motoristas de ônibus escolar, monitores.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook