Fundação Cultural do Estado disponibiliza espaço da Casa de Cultura Ivan Marrocos para artistas rondonienses

A população tem o espaço como referência de cultura no Estado. Para utilizar o espaço é necessário fazer a solicitação pelo e-mail [email protected]

Larissa Malta Fotos: Ésio Mendes Secom - Governo de Rondônia
Publicada em 23 de novembro de 2022 às 08:44
Fundação Cultural do Estado disponibiliza espaço da Casa de Cultura Ivan Marrocos para artistas rondonienses

Na Galeria Afonso Ligório, a Exposição “Nos trilhos da pesquisa em Saúde Pública em Rondônia: o legado de Luiz Hildebrando”

Como forma de incentivar a cultura de Rondônia, o Governo do Estado, por meio da Fundação Cultural do Estado – Funcer disponibiliza aos artistas o espaço da Casa da Cultura Ivan Marrocos, para exposição de artes visuais, esculturas, artesanatos, lançamento de livros e outros tipos de exposições culturais.

A Casa da Cultura Ivan Marrocos foi criada em 1994, em Porto Velho e conta com um complexo cultural composto pelas Galeria Afonso Ligório, Galeria Forte Príncipe da Beira, Biblioteca de Artes de Rondônia e pelo espaço aberto Quintal Carambola. Além do hall de entrada e superior. 

Na Galeria Forte Príncipe da Beira, a Exposição “Na beira do Rio”

Duas exposições estão acontecendo. Na Galeria Afonso Ligório, a Exposição “Nos trilhos da pesquisa em Saúde Pública em Rondônia: o legado de Luiz Hildebrando”, que traz conhecimentos sobre a história de uma das maiores instituições de pesquisa e ensino na América Latina: a Fiocruz, que desde 2009 vem contribuindo com o desenvolvimento do Estado de Rondônia e a saúde da população, e estará disponível até o dia 29 de novembro. Na Galeria Forte Príncipe da Beira, a Exposição “Na beira do Rio”, do artista Homero Santos, com esculturas que retratam a vida dos ribeirinhos, que vai até o dia 30 de novembro.

O diretor interino da Casa de Cultura Ivan Marrocos, Augusto Batista dos Santos ressalta que a população tem o espaço como referência de cultura no Estado e que nos últimos meses, o número de frequentadores tem aumentado, ficando com uma média de 500 visitas por mês. “O público e os artistas gostam deste espaço e ele é referência quando se trata de cultura rondoniense. Tivemos que fechar durante a pandemia, mas esse ano retomamos e o número de visitantes vem aumentando”, explicou.

Augusto Batista, responsável pelos agendamentos das atividades desenvolvidas na Casa de Cultura, explicou o que os artistas devem fazer para adquirir o espaço. “Para utilizar o espaço é necessário encaminhar um e-mail para [email protected] e fazer a solicitação. Os três espaços podem ser requisitados todos os meses. Em cada galeria acontecem 12 exposições por ano. Através do e-mail vamos formalizar o ofício e direcionar os artistas para algum espaço da casa”, destacou. É de responsabilidade da Funcer, oferecer a infraestrutura do Centro Cultural e a divulgação das exposições e programação geral.

A Casa de Cultura Ivan Marrocos está localizada na Avenida Carlos Gomes, n° 563, Bairro Caiari, em Porto Velho. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30 e aos sábados, das 9h às 14h.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook