LEIA DECISÃO NA ÍNTEGRA: outra empresa é multada em mais de R$ 53 mil por pesquisa eleitoral para prefeito

Juiz encontrou falhas nos formulários utilizados na sondagem

Folha do Sul
Publicada em 04 de dezembro de 2020 às 20:40
LEIA DECISÃO NA ÍNTEGRA: outra empresa é multada em mais de R$ 53 mil por pesquisa eleitoral para prefeito

Mesmo tendo acertado os resultados da eleição para prefeito de Vilhena e ter um histórico de prognósticos eleitorais precisos em cidades do Cone Sul, o Instituto Haverroth de Política, Estatística e Comunicação Ltda (IHPEC) também foi multado pela Justiça Eleitoral por falhas no pleito municipal deste ano.
 
O que motivou a penalidade contra o IHPEC foram falhas numa de suas sondagens. Embora a ação contra a empresa tenha incluído o site de notícias que veiculou a sondagem, o juiz que julgou o caso entendeu que o veículo de comunicação não teve participação na falha, além de acatar uma a liminar judicial e excluir a publicação.
 
De acordo com a decisão, que impôs uma multa de mais de R$ 53 mil ao instituto (mesmo valor aplicado a um concorrente dele), os relatórios apresentados não continham os nomes dos entrevistados, além de conter outras irregularidades.
 
O FOLHA DO SUL ON LINE não conseguiu contato com o jornalista Dejanir Haverroth, mas publicará a versão dele tão logo ela seja dada. O IHPEC também pode recorre da decisão.
 
CLIQUE AQUI e leia a decisão da Justiça Eleitoral.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook