Leilões são oportunidade para quem busca investir em imóveis

Neste sentido, os leilões surgem como oportunidade e têm atraído os olhares dos investidores, principalmente pelo retorno financeiro que esses imóveis proporcionam

Claudia Frazão, diretora da Frazão Leilões
Publicada em 02 de dezembro de 2023 às 09:55
Leilões são oportunidade para quem busca investir em imóveis

Historicamente, o investimento em imóveis é um dos mais tradicionais. O último relatório da Fipe Zap, mostra que, no último ano, 39% dos entrevistados adquiriram propriedades como forma de investimento. Dessa parcela, 57% visaram a locação, para obtenção de renda passiva e 43% pretendem lucrar com a revenda do bem.

Neste sentido, os leilões surgem como oportunidade e têm atraído os olhares dos investidores, principalmente pelo retorno financeiro que esses imóveis proporcionam. Sejam residenciais, comerciais ou terrenos, os valores ofertados nos pregões chegam a ser até 60% abaixo dos praticados pelo mercado.

Como exemplo, um imóvel avaliado em R$ 1 milhão pode chegar a ser ofertado por R$ 400 mil, ou seja, mesmo que na disputa de lances, o comprador arremate por R$ 500 mil, na revenda é possível obter 50% de lucro. Também é possível obter uma renda fixa mensal através da locação.

Mas, não é só pelos valores que os imóveis em leilão são uma boa opção de investimento. A segurança financeira é um fator importante. O processo de apregoamento e venda é respaldado por lei e pelas regras contidas no Edital. No caso de cancelamento judicial, retirada do lote, ou até mesmo não aprovação de crédito, o arrematante tem a garantia de reaver os valores pagos. Além disso, o investimento imobiliário é imune a quebra de bancos.

O investimento em imóveis também podem ser uma proteção confiável contra a inflação. Ao contrário de outras opções impactadas negativamente pelo aumento dos preços, os valores das propriedades e os rendimentos dos aluguéis tendem a aumentar com o movimento inflacionário. Conforme o custo de vida aumenta, as taxas de aluguel podem ser ajustadas, garantindo que os investidores mantenham seu poder de compra e desfrutem de um fluxo de renda confiável.

Outra vantagem é a transparência em todo o processo. O edital traz todas as informações do imóvel, dentre elas lance mínimo, estado de conservação, documentação, dívidas, e forma de pagamento. Este documento é o regulamento oficial da oportunidade de venda. Ademais, como os lances são feitos de forma aberta e competitiva, garantem a igualdade de oportunidade.

Para aqueles com investimentos em outras classes, como ações ou títulos, imóveis em leilão oferecem uma excelente oportunidade para diversificar a carteira. Ao adicionar ativos imobiliários ao portfólio, é possível reduzir o risco geral e a volatilidade associados à dependência exclusiva dos modelos tradicionais.

Os investimentos imobiliários tendem a ter uma baixa correlação com outras classes de ativos, o que significa que podem ter um desempenho diferente durante as flutuações do mercado. Ter uma carteira de investimentos mais diversificada proporciona um retorno maior por unidade de risco, favorecendo assim um nível de estabilidade e diversificação à estratégia geral de investimento.

O leilão imobiliário tem se mostrado cada vez mais vantajoso e ganha destaque nas carteiras dos investidores. Com o advento dos pregões online, ficou ainda mais fácil ter acesso e adquirir propriedades em várias regiões do país. Diante de todas essas vantagens, é provável que veremos um aumento gradual na procura desses imóveis, principalmente por investidores em busca de diversificar a carteira.

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook