Lula pode realizar sonho de Alckmin

Alckmin precisa de Lula para se firmar como liderança nacional e lustrar sua biografia

Alex Solnik
Publicada em 01 de dezembro de 2021 às 12:15

Para quem já foi governador de São Paulo por três vezes, como Alckmin, eleger-se governador de novo será mais do mesmo.

O que ele sempre quis (vide 2018) e continua querendo é mais que isso.

A presidência da República.

É natural. Todos querem subir um degrau a mais na carreira que escolhem.

Nesse fim de ano, ele vai tomar uma importante decisão.

Ou confirma a candidatura a governador, mais uma vez, e mostra ser um político acomodado, limitado, uma liderança regional ou dá uma reviravolta em sua biografia e se junta ao favorito em 2022, esquecendo diferenças ideológicas em nome de um projeto nacional sem Bolsonaro e sem o Torquemada de Curitiba.

É a sua oportunidade de voltar à cena nacional em grande estilo.

Alckmin precisa de Lula para se firmar como liderança nacional e lustrar sua biografia.

Lula precisa de Alckmin para acalmar parcelas do eleitorado conservador que vão fazer diferença no segundo turno.

Lula eleito, Alckmin poderá sucedê-lo seja em quatro anos, seja em oito.

É o caminho mais seguro e mais curto para ele realizar o sonho de ser presidente da República.

A decisão envolve a escolha de seu próximo partido.

Se for para o PSD, que já tem presidenciável, disputa o governo paulista.

Mas se for para o PSB abre a perspectiva de uma grande aliança em torno de Lula que vai sacudir a campanha.  

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook