Municípios se reúnem para tratar da base descentralizada do SAMU

Central de Regulação está sendo construída em anexo à UPA do 2º Distrito

Decom Ji-Paraná
Publicada em 23 de setembro de 2022 às 13:42
Municípios se reúnem para tratar da base descentralizada do SAMU

Representantes de 12 municípios do Vale do Guaporé e da região central de Rondônia se reuniram, na quinta-feira (22), na sede da Secretaria de Saúde (Semusa) de Ji-Paraná, para tratar da base descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A Central de Regulação de Urgência (CRU) do SAMU está sendo construída em anexo à Unidade de Pronto Atendimento Anna Beatriz Oliveira da Silva (UPA no 2º Distrito).

Participaram da reunião representantes da Saúde da Prefeitura de Ji-Paraná, Jaru, Mirante da Serra, Ouro Preto do Oeste, Presidente Médici, São Miguel do Guaporé, Theobroma, Urupá, Vale do Anari, Costa Marques, São Francisco do Guaporé e Seringueiras. O Governo de Rondônia foi representado pela 1ª Gerência Regional de Saúde (I GRS), da Secretaria Estadual da Saúde (Sesau).

A base descentralizada do SAMU é a ferramenta que garante agilidade no tempo-resposta e racionalidade para os recursos que compõem o serviço de urgência. O local deve apresentar ambientes mínimos que ofereçam conforto e segurança aos pacientes e profissionais, além do armazenamento adequado dos equipamentos utilizados.

Para ser beneficiado com o SAMU, o município deve contar com, no mínimo, 350 mil habitantes em sua área de abrangência. Em Ji-Paraná, a CRU será regionalizada, atendendo aos pacientes do município e das cidades que compõem a região central e o Vale do Guaporé.

“O SAMU é um desejo antigo da população, assim como era a UPA do 2º Distrito. Em nosso município, a unidade será regionalizada e realizamos essa reunião para definir, junto com os demais municípios, de como será a estratégia para o funcionamento do SAMU”, explicou Wanessa Oliveira e Silva, secretária da Semusa de Ji-Paraná.

O SAMU de Ji-Paraná contará com área de estacionamento para ambulâncias, farmácia, sala de repouso, banheiros e vestiários, cozinha e refeitório, sala de regulação e demais setores administrativos. Ele é acionado por meio do telefone 192 e deve ser chamado para o resgate em casos de urgência e emergência.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook