Acir Gurgacz critica embargo das obras de recuperação da BR-319

Gurgacz lembrou que a paralisação das obras da rodovia, que já consumiram mais de R$ 100 milhões em estudos de impacto ambiental e no asfaltamento de 250 quilômetros em cada extremo da estrada, gera muitos prejuízos à população.

Agência Senado 
Publicada em 20 de junho de 2017 às 03:16
Acir Gurgacz critica embargo das obras de recuperação da BR-319

Em pronunciamento nesta segunda-feira (19), o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) lamentou que, mais uma vez, a obra de recuperação da BR-319, que liga Porto Velho a Manaus, foi embargada, pela justiça federal, em decisão liminar, a pedido do Ministério Público Federal.

Gurgacz lembrou que a paralisação das obras da rodovia, que já consumiram mais de R$ 100 milhões em estudos de impacto ambiental e no asfaltamento de 250 quilômetros em cada extremo da estrada, gera muitos prejuízos à população.

— Eu comparo esse embargo ao desperdício de dinheiro provocado pela corrupção em nosso país. É praticamente a mesma coisa: dinheiro está sendo gasto, está sendo esperdiçado e perdido por falta de diálogo entre os órgãos do governo e o Ministério Público Federal. E as pessoas não recebem a contrapartida pelos impostos que pagam, não estão tendo acesso a essas obras, a essa rodovia — afirmou.

Acir Gurgacz destacou a importância da BR-319 para a integração regional da Amazônia. O senador lembrou que, em 2015, a justiça federal também havia determinado a suspensão da obra, que foi retomada em 2016, quando foi interrompida por causa das chuvas na região. Em maio de 2017, os trabalhos recomeçaram, para, logo em seguida, serem novamente embargados há duas semanas.

 

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    paulo 20/06/2017

    Não consigo entender o embargo de obra pelo Ministério Público Federal, uma que impacto ambiental não existe mais uma vez que a rodovia já chega até Manaus, outra a obra já tinha sido embargada uma vez e por outro lado as obras tinham sido retomada e só foi interrompido por causa da chuva e na retomada em 2017 mais um embargo da obra, o Senador esta coberto de razão uma vez que esta rodovia é uma ligação que facilita muito o transporte de mercadoria de Rondônia e Acre para Manaus e vice verso, se esta tendo problema com esta rodovia que já praticamente já chegou em Manaus imagina a ferrovia que também é outra opção de transporte e de viagens para Manaus. Pense nisso...

  • 2
    image
    joão bosco 20/06/2017

    o conceito de certo e errado e pessoal e não universal e nesta linha cada um puxa a sardinha para o seu prato. na verdade o que está havendo é briga de poder e interesses . o que menos importa é a questão ambiental. basta ver a usina do madeira com seus processo parado na justiça , sendo utilizado como instrumento financeiro através da variavel tempo. ou seja devo não nego pago quando puder , pois tenho muito recurso e os impactados não tem tempo poder e nem dinheiro. isso não é estado de direito democratico .isso é omissão , conivencia e estado de direito autocratico onde os magistrado não passam de figura decorativa

  • 3
    image
    Pedro Manso 20/06/2017

    Ta doido para potar a frota de seus omibus ganar dindim só sozinho.

  • 4
    image
    DOMINGOS SÁVIO FARIAS 20/06/2017

    vejam o que o causa o desemprego, e a decadência do Brasil, de onde vem certas medidas que emperram o desenvolvimento da região e do Brasil. medidas que não são pensadas no povo como principal elemento do progresso econômico e social, Vamos fiscalizar ver aonde estão os erros, mas não paralisar uma obra de grande desenvoltura para o progresso econômico e social da nossa região e do Brasil.

  • 5
    image
    adonai 20/06/2017

    Creio que falta coragem pulço e boa vontade dos governos de/RO e do Amazonas juntando as forças certamente venceriam essa batalha ocorre porem que falta interesse entre as partis um pra la o outro pra cá e nada acontece sem contar os deputados e os Senadores de ambos que se quiserem podem resolver o problema se não vejamos os Politicos de SP queriam acabar com a zona Franca de Manaus os Politicos de lá se mobilizaram e ocorreu que conquistaram mais 50 anos de zona Franca então vejam os senhores quando eles querem resolvem ou não.

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook