Assustado, governo Bolsonaro quer censurar Greenwald

A hashtag #deportagreenwald apareceu no início da tarde de segunda-feira (10) e foi ganhando corpo

Brasil 247
Publicada em 11 de junho de 2019 às 16:58

Assustado com as revelações de fraude e conluio com o Ministério Público que atingem um de seus principais ministros, Sérgio Moro, o governo de Jair Bolsonaro está estimulando medidas contrárias à liberdade de expressão contra o jornalista Glenn Greenwald. 

O deputado bolsonarista Carlos Jordy (PSL-RJ) defendeu o fechamento do site The Intercept, que divulgou o escândalo da Lava Jato, e a deportação de Greenwald, que é cidadão norte-americano. 

Junto com o deputado Filipe Barros (PSL-PR), Jordy está tentando obter assinaturas para criação de uma CPI para investigar o vazamento de informações de membros da lava jato.  

Atenção, Polícia Federal @policiafederal, Ministros @ernestofaraujo @SF_Moro e Presidente @jairbolsonaro. É isso! https://t.co/RzgGIclzbr — Carlos Jordy (@carlosjordy) 10 de junho de 2019

“Olha a matéria do intercept sobre a conversa do Moro e procuradores do MPF. A lava jato é partidária.”

O fundador e editor do intercept é de esquerda, amigo do Lula e casado com um deputado do PSOL. Se tem algo partidário,é o @TheInterceptBr#FechemOIntercePT#DeportaGreenwald — Carlos Jordy (@carlosjordy) 10 de junho de 2019

A hashtag #deportagreenwald apareceu no início da tarde de segunda-feira (10) e foi ganhando corpo. No fim do dia, já estava empatada com #vazajato e #morocriminoso. Nas primeiras 38 horas desde a divulgação das gravações pelo The Intercept Brasil, a disputa de hashtags registrou 60% de citações para os críticos da Lava Jato e 40% para os defensores, de acordo com informações da coluna de Fábio Zanini, na Folha de S.Paulo.

Os dados são da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (DAPP-FGV). Somadas, as hashtags #vazajato, #morocriminoso e #lulalivre tiveram 597 mil menções entre as 18 horas de domingo (9) e 8 horas de terça (11). No outra ponta, os favoráveis a Moro (#euapoioalavajato e #deportagreenwald) registraram 394 mil citações.

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    L. James 12/06/2019

    Esse Greenwald é só mais um criminoso integrante da quadrilha cujo o chefe está preso. A mídia esquerdista podre foi ao delírio após a ação desse vagabundo, mas após os surtos de delírio da mídia, tudo voltou ao normal, o MJ Moro, a lava jato e os procuradores saíram ainda mais fortalecidos, a sociedade mais uma vez viu quem são os heróis e quem são os criminosos que assolam nosso pais, e a mídia ficou com cara de imprestáveis com seus desserviço.

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook