Centenário de Anísio Gorayeb

Há 41 anos ele nos deixou para morar no céu, e desde então, são muitas boas lembranças e muita saudade

Anísio Gorayeb
Publicada em 23 de maio de 2020 às 10:09
Centenário de Anísio Gorayeb

Nesse sábado dia 23, meu saudoso pai Anísio Gorayeb estaria completando 100 anos. Ele nasceu no pequeno povoado de Fortaleza do Abunã, no dia 23 de maio de 1920. Era o filho primogênito do casal Constantino Gorayeb (libanês) e América Sadeck Gorayeb (americana). 

Há 41 anos ele nos deixou para morar no céu, e desde então, são muitas boas lembranças e muita saudade. 

Tínhamos um projeto de lançar dois livros nesse ano, em comemoração ao ao seu centenário, mas devido a pandemia, adiamos esse projeto para 2021.

Agradeço a Deus por ter me dado um pai exemplar, que me ensinou os valores da vida: caráter, honestidade, bons princípios e respeito ao próximo. 

Meu querido pai, meu herói, meu amigo, esteja onde estiver, receba meu aplauso, minha gratidão, meu abraço e meu beijo. 
Muito obrigado por tudo, tudo, tudo...

Mesmo estando em outra dimensão há mais de quatro décadas, saiba que sua presença é muito constante em minha vida.

Você sempre foi, é e sempre será motivo de muito orgulho para mim.

Parabéns pelos 100 anos.

Te amo muito, meu pai.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

A quem interessa o caos?

A quem interessa o caos?

Precisa responder? Claro que não! O brasileiro inteligente já sabe quem são e como atuam os personagens desse enredo macabro