CNJ inspeciona atividades extrajudiciais da Corregedoria do TJRO

O desembargador Marcelo Martins Berthe e a juíza Maria Paula Cassone Rossi, ambos do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, serão os coordenadores da inspeção

Assessoria de comunicação Institucional
Publicada em 10 de junho de 2021 às 10:01
CNJ inspeciona atividades extrajudiciais da Corregedoria do TJRO

CGJ Nacional

A Corregedoria-Geral da Justiça de Rondônia (CGJ) passará por inspeção do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no dia 18 de junho. A vistoria será por videoconferência com o objetivo de averiguar o funcionamento do órgão no âmbito das atribuições do foro extrajudicial.

Dentre as pautas estarão as atribuições da Coordenadoria de Gestão dos Serviços Notariais e de Registro; os concursos de outorga de delegação; lista de vacâncias; justiça aberta, ou seja, isenção de custas e as atividades do Operador Nacional do Registro Imobiliário Eletrônico (ONR) e Sistema de Registro de Imóveis (SREI).

As inspeções de rotina são atribuições legais da Corregedoria Nacional de Justiça. Os trabalhos forenses e prazos processuais não serão suspensos durante a inspeção, conforme as portarias 40/21, do CNJ, e 38/2021, da CGJ, publicado no DJe 105 desta quinta-feira (10).

O desembargador Marcelo Martins Berthe e a juíza Maria Paula Cassone Rossi, ambos do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, serão os coordenadores da inspeção.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook