Em meio à crise gerada com vigilantes, prefeito Hildon Chaves demite presidente da Emdur

A publicação foi feita em meio a crise gerada com a decisão do prefeito Hildon Chaves de dispensar centenas de vigilantes que prestam serviços a órgãos públicos municipais, substituindo-os por sistema de vigilância eletrônica.

Tudorondonia
Publicada em 01 de fevereiro de 2018 às 20:44
Em meio à crise gerada com vigilantes, prefeito Hildon Chaves demite presidente da Emdur

O presidente da Empresa de Desenvolvimento Urbano de Porto Velho (Emdur), advogado Breno Mendes, foi exonerado do cargo pelo prefeito Hildon Chaves (PSDB) após publicar, em sua página no Facebook, que está recebendo currículos de pessoas para contratação, por uma empresa privada, de trabalhadores  a serem indicados por presidentes de associações de bairros da capital.

A publicação foi feita em meio a crise gerada com a decisão do prefeito Hildon Chaves de dispensar centenas de vigilantes que prestam serviços a órgãos públicos municipais, substituindo-os por sistema de vigilância eletrônica.

O ex-senador Expedito Júnior (PSDB), cassado por compra de votos, é empresário ligado à empresa particular de vigilância e padrinho político do prefeito.

Direito de resposta

Em referência a notícia intitulada “Em meio à crise gerada com vigilantes, prefeito Hildon Chaves demite presidente da Emdur”, veiculada por esse prestigioso site de notícias, na qual há menção ao nome de Expedito Gonçalves Ferreira Junior, necessário esclarecer que os comentários maliciosos, voltados ao ataque gracioso e despidos da mais rasa conexão com a realidade dos fatos, recentemente proferidos em rede social, por serem mentirosos e terem clara finalidade politica, serão objeto de ações judiciais para a responsabilizado civil e criminal do ofensor.

Comentários

  • 1
    image
    carlos coqueiro 02/02/2018

    Incessante dança de cadeiras tucana. Nomeação banalizada. O pêndulo da exoneração pode tilintar a qualquer segundo.Ninguém é estável!

  • 2
    image
    Henry 01/02/2018

    Parece que o Expedito é quem está dando as cartas na prefeitura, é uma pena pois a população acreditou nas promessas do prefeito e ex-promotor de que seria um ferrenho defensor da moralidade na administração pública municipal. Agora seria bom que o MP e o TCE investigassem essa contratação, para averiguarem se não houve favorecimento a empresa de Expedido. Com a palavra o MP e o TCE.

  • 3
    image
    Francisco 01/02/2018

    É assim, quando um órgão começa a andar bem o prefeito vem e tira o titular. Dá para entender isso?????

  • 4
    image
    MARCOS SILVA 01/02/2018

    E uma pena pois pela primeira vez entrou na EMDUR, alguém que realmente trabalha e que realmente estava fazendo alguma coisa, por 20 anos moro na estrada do areia branca e já colecionava pedidos de iluminação da mesma, e em sua gestão fiz apenas uma solicitação e já fomos atendidos. Prefeito no minimo coloque outro com a mesma competência e agilidade.

Envie seu Comentário

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

Explicação necessária

Explicação necessária

Apesar de não defender a permanência do advogado Breno Mendes no comando da Emdur, não concordo com o motivo que teria levado o prefeito de Porto Velho, doutor Hildon Chaves, a destituí-lo do posto, e dos rumores que cercam sua exoneração.