Garimpeiros ateiam fogo no prédio do Ibama em Humaitá após operação no rio Madeira. Vídeo

Os garimpeiros de uniram em grupos e com a apoio da população foram em direção da sede do Ibama, localizada na Rua Transamazônica, e começaram a depredar o prédio , tombaram as viaturas do órgão e, não satisfeitos, atearam fogo em tudo que havia no terreno.

Tudorondonia
Publicada em 28 de outubro de 2017 às 09:06
Garimpeiros ateiam fogo no prédio do Ibama em Humaitá após operação no rio Madeira. Vídeo

Humaitá, Amazonas - No início da tarde desta sexta-feira (27), agente do Ibama iniciaram uma operação para cumprir mandados de apreensão para combater a extração ilegal de ouro no Rio Madeira, na cidade de Humaitá, localizada ao sul do Estado do Amazônas, a cerca de 220 quilômetros de Porto Velho/ RO, e se deslocaram para o porto da cidade, onde tem uma grande concentração de balseiros.

Os agentes chegaram para efetuar a apreensão de materiaos, em seguida atearam fogo nas balsas, causando uma confusão generalizada, sendo necessário que os agentes do Ibama pedissem apoio da Polícia Militar para conter  os ânimos dos garimpeiros,  que ficaram revoltados com a situação.

Os garimpeiros de uniram em grupos e,  com a apoio da população,  foram em direção da sede do Ibama,   localizada na Rua Transamazônica, e começaram a depredar o prédio ,  tombaram as viaturas do órgão e , não satisfeitos , atearam fogo em tudo que havia no terreno.

A Polícia Militar foi acionada para tentar impedir mais destruição, mas nada pode  fazer , pois o contingente de militares é pouco. Os PMs se limitaram a  assistir os atos de vandalismo praticados pela população.

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Joao robero 28/10/2017

    Quem com ferro fere com ferro sera ferido,o sr ibama queimou as balsas os garimpeiros queimou carros, empataram em ignorancia.

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook