Líderes de bairros pedem a cabeça do secretário da SEMUSA

Se vários secretários já foram exonerados, por incompetência, como é o caso de Marden Negrão, por que Ramires, que até hoje ainda não disse a que veio, continua no comando da SEMUSA?

Valdemir Caldas
Publicada em 05 de abril de 2018 às 10:40

Foi terça-feira (3), durante audiência pública, realizada no plenário da Câmara Municipal de Porto Velho. A reunião foi requerida pelo vereador Edésio Fernandes, para discutir a situação de abandono em que se encontra o Bairro Cascalheira. Líderes de bairros pediram a cabeça do secretário municipal de saúde, Orlando Ramires.

Se vários secretários já foram exonerados, por incompetência, como é o caso de Marden Negrão, por que Ramires, que até hoje ainda não disse a que veio, continua no comando da SEMUSA? Como ninguém respondeu à pergunta do presidente de uma associação de moradores, cujo nome não me recordo, resolvi transferi-la ao prefeito Hildon Chaves, que acredito seja a pessoa mais indicada para fazê-lo.

Enquanto aguardamos a resposta do dirigente municipal, as unidades de saúde continuam às moscas, sem médicos, nem medicamentos, evidenciando um quadro de dificuldades que se abateu não somente sobre o sistema, mas que alcançou diversos setores da administração municipal. Nem precisa dizer o reflexo disso na vida da população, sobretudo daqueles que não têm um plano privado e são obrigados a recorrer à rede pública.

Somente a boa vontade das autoridades não vai resolver o cipoal de problemas no qual a saúde municipal está engolfada, fruto de administrações desastrosas, agravado no atual governo, a dificultar ainda mais a vida já sofrida da população porto-velhense.

Há muito tempo, profissionais do setor vêm alertando sobre o colapso que poderia afetar o sistema, diante dos crescentes problemas, que apenas se tornaram mais complexos, à medida que não foram adotadas as providências necessárias. Agora, porém, não adianta procurar culpados.

Mais uma vez fica claro que a mudança de nomes na saúde municipal em nada contribuiu para a melhoria do setor. Pior: consolidou-se a suspeita de que a mudança pode ter servido para muita coisa, menos para melhorar o desempenho da pasta.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook