Nota de falecimento – Alideia Marcelino de Castro

O corpo será sepultado na manhã deste sábado no Cemitério de Santo Antônio, com a presença de apenas cinco familiares devido à pandemia de coronavírus. Não haverá velório

Tudorondonia
Publicada em 22 de maio de 2020 às 19:42
Nota de falecimento – Alideia Marcelino de Castro

Faleceu na tarde desta sexta-feira, na UTI do Hospital da Unimed, em Porto Velho, dona Alideia Marcelino de Castro, de 78 anos, vítima da Covid-19.

Dona Alideia, filha de ferroviários da Madeira-Mamoré (José Marcelino de Castro e Alzira Trigueiro), era mãe do jornalista Rubens Coutinho, editor deste Tudorondonia, e de Jane Marcelino de Castro, Sônia Maria Coutinho, Suely Coutinho e Lourdes Marcelino.

Durante praticamente toda a vida,  dona Alideia residiu numa casa na Travessa São Cristóvão, no bairro do mesmo nome, em Porto Velho. Ela foi casada com Manoel Coutinho, também já falecido.

O corpo será sepultado na manhã deste sábado no Cemitério de Santo Antônio, com a presença de apenas cinco familiares devido à pandemia de coronavírus. Não haverá velório.

A família enlutada agradece as manifestações de solidariedade neste momento de dor e que marca uma perda irreparável. 

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    gessi taborda 23/05/2020

    Recebe meus sinceros e pêsames por sua perda imensurável.

  • 2
    image
    Selmo Vasconcellos 23/05/2020

    Meu amigo Rubens Coutinho, meus sentimentos pelo ocorrido.

  • 3
    image
    CARLSON LIMA 23/05/2020

    Meus pêsames ao Senhor Rubens Coutinho e sua família.

  • 4
    image
    Silvio machado 23/05/2020

    AMIGO RUBENS VOCE E UM GUERREIRO E NESSA HORA E CUSTOSA PARA TODOS NOS. QUE SEUS FAMILIARES SEJAM CONFORTADOS PELA PRESENCA DE DEUS EM NOSSAS VIDAS. O PIONEIRISMO E A HONESTIDADE PALTARAM O DNA DE SUA FAMILIA. MEUS PESAMES.

  • 5
    image
    Rosana Santos 22/05/2020

    Que Deus tome conta de todas famílias para que esse vírus pesadelo da atual humanidade vá embora, tantas pessoas choram sua dor nessa quarentena em que somos impossibilitados de poder agir por não saber com o que estamos lidando e nem podemos velar nossos entes queridos. Perdoai nos pai e peço que tenha misericórdia de nós e nossas famílias.

  • 6
    image
    Selma Alves 22/05/2020

    Meus pêsames a família Rubens e Jane amigos de minha adolescência dona Lídeia gente muito boa e muito feliz, que o criador a receba de braços abertos

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook