O DIA NA HISTÓRIA 22 DE SETEMBRO!

 22 – Porto Velho vai ganhar uma agência da Caixa Econômica Federal, conforme aprovação da comissão de Finanças da Câmara Federal

Lúcio Albuquerque
Publicada em 22 de setembro de 2022 às 18:10
O DIA NA HISTÓRIA 22 DE SETEMBRO!

HOJE É: Dia Mundial Sem Carro, Dia Nacional da Saúde de Adolescentes e Jovens.Dia Mundial da Leucemia Mieloide Crônica, Dia da Juventude do Brasil, Dia Nacional do Atleta Paralímpico, Dia da Banana, Dia do Contador (Decreto-Lei n.º 7.988/1945), Dia Nacional de Defesa da Fauna, Católicos celebram São Maurício, Santa Emérita Ostiense, Santa Basila, Santa Digna, Santa Emérita, São Tomás de Vilanova.

RONDÔNIA: 22 – Porto Velho vai ganhar uma agência da Caixa Econômica Federal, conforme aprovação da comissão de Finanças da Câmara Federal. A mesma edição confirma que o governador Ribamar de Miranda conseguiu junto à Spvea (Superintendência de Valorização Econômica da Amazônia) verbas para construir campos de pouso em vários distritos do território. (Jornal alto Madeira, 22.9.1956).

BRASIL:1897 – Morre Antônio Vicente Mendes Maciel, o “Antônio Conselheiro”, líder da revolta de  Canudos (N. 1830). 1959 – O presidente JK concede a Santos Dumont o título de “Marechal do Ar”. 1988 – O Congresso Nacional aprova o texto definitivo da nova Constituição brasileira, a 7ª (1824, 1891, 1934, 1937, 1946, 1967 e 1988) desde a República. 

MUNDO: 1792 — Primeiro Vendemiário, do primeiro ano do calendário republicano francês, quando surge a Primeira República Francesa. 1866 — A Batalha de Curupaiti é a única vitória significativa do Paraguai na Guerra do Paraguai. 1991 — Os Manuscritos do Mar Morto são disponibilizados ao público pela primeira vez.

FOTO DO DIA: 1987 – O comerciante Sidney Guerra, (PMDB), aliado do governador Jerônimo Santana, foi eleito deputado estadual em 1986, e a seguir presidente da Assembleia Legislativa, substituindo na função o deputado reeleito e até então presidente do Legislativo estadual Amizael Silva (PDS), relator da 1ª Constituinte. Guerra, com base eleitoral em Jaru, a 300 KM de Porto Velho, renunciou ao mandato e à presidência em 1988 para ser candidato a prefeito de seu município, o que permitiu a ascensão da vice-presidente, a deputada Odaísa Fernandes, primeira e única mulher a ter presidido a Assembleia rondoniense desde sua instalação em 1983. Na foto, observados pelo diretor legislativo da Assembleia Zelírio Dalagrio, Amizael Silva (d) passa o comanda da ALE a Sidney Guerra. (F. Marcos Grutzmacher).

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook