Para Confúcio, Iperon poderia emprestar dinheiro e financiar casa a servidores

"Tive pensando,  dias atrás, porque o IPERON não poderia usar uma parte do seu dinheiro para consignações aos servidores públicos, com taxas de  juros de mercado?", diz o governador.

Da redação do Tudorondonia com o Blog do Confúcio
Publicada em 23 de abril de 2017 às 10:58
Para Confúcio, Iperon poderia emprestar dinheiro e financiar casa a servidores

O governador Confúcio Moura (PMDB) publicou em seu blog algumas ideias sobre possibilitar ao Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Rondônia (IPERON) " meios e remunerações mais seguras, conservadoras e com rendimentos garantidos".

Na sua postagem, Confúcio ressalva que o Iperon não pode ser um banco, " mas" um agente cuidadoso  com os seus fundos previdenciários".

"Tive pensando,  dias atrás, porque o IPERON não poderia usar uma parte do seu dinheiro para consignações aos servidores públicos, com taxas de  juros de mercado?", diz o governador.

Leia o texto escrito pelo governador Confúcio Moura

O IPERON pode ser um banco?

Um banco não, mas, um agente cuidadoso  com os seus fundos previdenciários, que buscasse meios e remunerações mais seguras, conservadoras e com rendimentos garantidos.

Os recursos do IPERON vem das contribuições dos seus servidores . São aplicados no mercado por empresas especializadas e autorizados pelo comitê de investimentos. Estes recursos ficam depositados em bancos oficiais.

Tive pensando,  dias atrás, porque o IPERON não poderia usar uma parte do seu dinheiro para consignações aos servidores públicos, com taxas de  juros de mercado?

Por que o IPERON  não financiar a casa própria para servidores públicos? E tudo com a segurança do desconto em folha de salário? Tudo muito seguro e lucratividade bem maior do que atualmente vem recebendo.

E muitas outras carteiras de negócios, o IPERON poderia criar maneira inovadora, inclusive,  um credenciamento de serviço de terceiro no campo imobiliário para venda, leilões e locações dos seus imóveis e que são muitos.

Há muita coisa a se pensar neste sentido e capitalizar ainda mais os fundos previdenciários de uma maneira  competente e inteligente (Confúcio Moura, governador de Rondônia).

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Edson 24/04/2017

    O governo federal diz que o INSS está falido, mas não cobra a dívida das grandes empresas como a JBS que deve ao INSS mais de um BILHÃO de reais e não paga, ao invés disso cobra do povo. O governo de Rondonia é um dos devedores do IPERON e vem com essa conversa, querendo transformar o IPERON num BERON da vida. O que pode ocorrer é sumirem com o dinheiro e o servidor aposentado ficar sem pagamento e devendo. Sempre tem gente esperta querendo nos roubar como fizeram com o extinto BERON. De jeito nenhum gove. Basta o tal do BERON que nos causou uma grande desgraça.

  • 2
    image
    [email protected] 24/04/2017

    PORQUE NÃO COLOCAM O IPERON PARA FUNCIONAR TIPO O IPAM. ESTAMOS PAGANDO MUITO CARO PRA UNIMED

  • 3
    image
    Alcilene Andrade 24/04/2017

    Louvavel ideia qualquer banco quer muito lucrativo p IPERON.

  • 4
    image
    marcos Andrade 24/04/2017

    Bom dia! A proposta não é tão ruim assim, mas quanto a proposta de campanha, aonde, iam fazer, não sei quantas casas  para os servidores estaduais?

  • 5
    image
    Ailton Dias 23/04/2017

    Bom Dia Governador, não pode senhor e não.

  • 6
    image
    OGUARDIÃO 24/04/2017

    MAIS UM DOS GRAVES DEVANEIOS DO GOVERNADOR. QUERER TRATAR O INSTITUTO COMO BANCO. COMO O ESTADO É INCOMPETENTE PARA FISCALIZAR AS OPERAÇÕES CITADAS, AO FIM ENGORDARÃO OS BOLSOS DE FIGURAS CARIMBADAS E OS SERVIDORES, SIFU.

  • 7
    image
    Henry 24/04/2017

    Silvio não é questão de meter a mão no dinheiro dos aposentados e sim aplicá-lo em um sistema mais rentável. Você acha que o dinheiro que é descontado mensalmente do servidor, à título de contribuição previdenciária, fica depositado na conta-corrente do IPERON? Óbvio que não. O empréstimo com taxas justas à base de 12% (doze por cento) ao ano seria uma alternativa possível, bom para o Instituto e para o servidor.

  • 8
    image
    silvio maran 23/04/2017

    Isso é um absurdo, não pode mexer em dinheiro de aposentadoria de servidores que trabalham a vida toda esperando a aposentadoria e o governo querendo meter a mão no dinheiro.

  • 9
    image
    joão bosco 23/04/2017

    OPERACIONALIZAÇÃO DO EMPRESTIMO CONSGNADO : O CASO IPERON EMPRESTIMO PARA SERVIDORES SOMENTE EFETIVO EMPRESTIMO PARA SERVIDORES COM MAIS DE CINCO ANO NO CARGO VALOR DA TAXA ABAIXO DA TAXA DO MERCADO PARA ATRAIR OS SERVIDORES ENDIVIDADOS RESPONSABILIZAR O SERVIDOR QUE EMPRESTA E O SEU SINDICATO EM CASO DE EXONERAÇÃO . SE UTILIZAR DE UMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA PARA OPERACIONALIZAR FISCALIZADA PELO IPERON REALIZAR UM LICITAÇÃO ENTRE AS INTITUIÇÃO QUE MENOR COBRAR PELO SERVIÇOS OU ADMINMSITRAR DIRETAMENTE PELO IPERON EM CINCO ANO O IPERON ESTARÁ SUPERAVITÁRIO

  • 10
    image
    John 23/04/2017

    Bando de puxa sacos, bebem as idiotices do governador como bebem cerveja, se quer beneficiar os servidores via iperon volte a dar assistencia medica como tinha antigamente e não explorar os coitados dos servidores que estão mais de dez anos sem aumento, até porque pagamos proporcionalmente mais contribuição que o inss sem retorno e sem beneficio nemhum.

  • 11
    image
    Dalton Costa 23/04/2017

    Não é possível!!! A FHC/PSDB, para agradar o Sistema Financeiro, inseriu dispositivo em Lei Federal proibindo esse tipo de operação. O Fundo de Previdência dos Servidores Públicos (poupança forçada), para investir em imóveis, é obrigado a repassar o dinheiro para os bancos (intermediadores) para que estes, ganhando juros escravagistas (óbivio!) , repassem o dinheiro para os simples mortais. Se fosse possível seria a redenção do mercado imobiliário do Estado de Rondônia. Como o governo do Golpista Michel Temer trabalha para os bancos, este quadro não mudará.

  • 12
    image
    joão bosco 23/04/2017

    a ideias e boa mais não é original. ela pode se aplicada no que tange a emprestimo consignados mais nunca a casa propria. mais devemos ter cuidado com a operacionalização a sempre uma raposa atras de uma galinha. agora pague o que deve ao IPERON E LEMBRE-SE NÃO EXISTE PRESCRIÇÃO DE DIVIDA POIS O GESTOR É O GOVERNO.

  • 13
    image
    adonai 23/04/2017

    Quero dizer que o Sr.gov. fala como se estivess falando de uma entidade financeira forte, mas quando se iperon que corta tudo o pode e o que não dos proventos dos inativos e ainda mais o aumento do desconto previdenciário deve estar bem financeiramente metendo a mão nos proventos dos aposentados só pode estar bem, ocorre porem que grande parte desse dinheiro e do aposentado abre o olho aposentados.

  • 14
    image
    Edvardy 23/04/2017

    Louvável a ideia de Sua Excelência.

  • 15
    image
    Sebastião Adauto França 23/04/2017

    Parabéns Governador!!! Espero que essa excelente ideia se torne realidade!!! O mundo precisa de homens inteligentes e de ações!!!

  • 16
    image
    Paulo amorim 23/04/2017

    Também poderia comprar os precatórios dos servidores. Com a garantia do próprio governo. Pense nisso excelência.

  • 17
    image
    mauricio 23/04/2017

    Gostei. Gostei muito mesmo.

  • 18
    image
    Henry 23/04/2017

    É possível sim governador emprestar dinheiro ao servidor mediante desconto em folha de pagamento, com juros não superior a 1% (um por cento). Basta V.Exa. determinar a presidente do Instituto que assim o faça e que a matéria seja levada para discussão e aprovação do Conselho Superior, já que seria uma forma segura de investir os recursos do Instituto, sem a necessidade correr riscos em aplicações financeiras de longo prazo ou em títulos públicos.Vá em frente governador. O servidor estadual ficará muito agradecido, pois deixarão de ficar reféns da ganância das Instituições Financeiras do nosso País.

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook