Porto Velho inicia a vacinação de bebês de seis meses a menores de 3 anos com comorbidades nesta sexta-feira

Aplicação das doses acontecerá, inicialmente, em oito unidades de saúde da capital

Pedro Bentes Foto: Wesley Pontes/ Felipe Ribeiro
Publicada em 17 de novembro de 2022 às 15:56

A vacina para esse grupo é apelidada de “Pfizer Baby”A vacina para esse grupo é apelidada de “Pfizer Baby

Entrando em mais uma etapa de imunização contra a covid-19, a Prefeitura de Porto Velho inicia, nesta sexta-feira (18), a vacinação de bebês de seis meses a menores de 3 anos com comorbidades. O anúncio ocorreu durante coletiva à imprensa no Prédio do Relógio.

“Muitos não sabem, mas este foi um grupo específico bastante acometido por síndromes gripais e chegou a registrar um número expressivo de óbitos a nível nacional. São crianças com deficiências, síndromes, doenças crônicas ou com a imunidade comprometida. Adiantamos aos pais que essa dose pode ser tomada concomitante com as outras vacinas de rotina, normalmente aplicadas nos primeiros dois anos de vida”, explicou a gerente de Imunização, Elizeth Gomes.

Nesse primeiro momento, a vacina para esse grupo, apelidada de “Pfizer Baby”, ocorrerá por meio de três doses: um mês entre a primeira e a segunda aplicação, e dois meses entre a segunda e a terceira aplicação.

Secretária orienta sobre a necessidade de imunização das criançasSecretária orienta sobre a necessidade de imunização das crianças

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), cerca de 8 mil crianças nesta faixa etária estão habilitadas a receber o imunizante em Porto Velho, mas diante do baixo número de doses enviadas pelo Ministério da Saúde (MS), o município iniciará a aplicação em bebês com comorbidade em oito unidades de saúde espalhadas em pontos estratégicos da cidade.

“Depois de aberto o frasco com as doses, ele só dura 12 horas, por isso, se espalhássemos em todas as unidades da capital correríamos o risco de perder muitas vacinas. Pedimos a compreensão dos pais e que eles pesquisem o local de aplicação mais próximo e protejam seus filhos”, explicou a secretária da Semusa, Eliana Pasini.

A expectativa do município é ampliar os locais de vacinação para este grupo específico conforme o MS aumente o número de doses enviadas.

Confira os locais provisórios de aplicação da Pfizer Baby:

Zona Leste: UBS Hamilton Gondim, UBS José Adelino e UBS Aponiã.
Zona Central: UBS Maurício Bustani, UBS Osvaldo Piana e UBS Ronaldo Aragão.
Zona Sul: UBS Castanheira e UBS Renato Medeiros.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook