Vilhena: sede de fazenda onde foram encontrados três corpos carbonizados é incendiada 

A propriedade teria sido incendiada aparentemente em virtude de um conflito agrário.

Folha do Sul
Publicada em 02 de maio de 2017 às 13:43
Vilhena: sede de fazenda onde foram encontrados três corpos carbonizados é incendiada 

Peritos da Polícia Civil de Vilhena foram deslocados, na manhã desta terça-feira, 02, para a sede de fazenda Jatobá, a cerca de 80 km da área urbana. A propriedade teria sido incendiada aparentemente em virtude de um conflito agrário.

Na mesma fazenda foi registrado no último sábado, 29, um triplo homicídio. Os corpos carbonizados de três homens foram encontrados a bordo de uma picape também incendiada.

As vítimas foram sepultadas como pessoas de “identidade ignorada”, já que o estado dos corpos não permitiu descobrir oficialmente os nomes de cada um uma. Somente um exame de DNA, cujo resultado pode levar meses, ajudará na identificação.

Mesmo assim, a pedido das famílias, que confirmaram a presença dos parentes na área de conflito, os restos mortais foram liberados. A suspeita é de que se trate de Valdinei Assis da Silva, de 35 anos (morador de Vilhena), Geovane Alves de Jesus e Yuri da Silva, de idades não divulgadas (ambos de Campos de Julio - MT).

O ataque de hoje foi comunicado à polícia pela filha do dono da fazenda incendiada. O site acompanha o caso e traz mais detalhes nas próximas horas. 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook