Como funciona o seguro de um veículo?

Veja como funciona um seguro de veículo e como tomar a melhor decisão na hora de contratar

Tudorondonia
Publicada em 23 de novembro de 2022 às 18:16
Como funciona o seguro de um veículo?

Você que tem um carro, uma moto, caminhão ou outro tipo de meio de transporte e cansou de estar desprotegido, é sua hora de entender como funciona um seguro de um veículo.

Afinal, um seguro veicular não é só uma proteção que você vai colocar no seu automóvel, mas sim a garantia de que o que for que aconteça, você vai estar seguro e sustentar a integridade do seu parceiro!

Contratar seguro veicular vale a pena? É confiável? Descubra tudo isso e saiba como funciona um seguro de veículo!

O seguro tem como princípio assegurar o bem do contratante. Ou seja, você contrata um seguro para seu carro, por exemplo, e paga um valor mensal para que em caso de um sinistro já previsto no contrato, seja coberto.

Geralmente um seguro cobre colisão com terceiros, danos da natureza, tais como granizo, queda de árvores, enchentes e etc; e também incêndios, roubo e furto e em certos casos até danos pessoais.

Mas isso varia de acordo com o plano que você escolher e o contrato que você firmar com a seguradora, certo? Então, escolha bem tudo o que você precisa!

Ao contratar seu seguro, você pode dirigir tranquilamente seu automóvel, sabendo que pode ser ressarcido em caso de acidentes (o que de toda maneira, é sempre bom evitar).

Em outras palavras, sim! Vale a pena, e é confiável contratar uma proteção veicular, pois pelo custo que você tem mensalmente com prevenção, quase chega perto do que você pode ter de arcar com, em caso de sinistro.

Tudo isso fora que ainda tem algumas seguradoras que dão descontos e condições especiais em casos de direção segura. Agora veja um passo a passo para contratar seu seguro ou proteção veicular.

Como funciona para contratar um seguro de veículo?

Contratar uma seguradora ou protetora veicular é muito fácil! Primeiro você faz uma cotação, ou um orçamento, depois seleciona o plano, paga e está pronto para rodar.

Cotação

A cotação tem como base pegar seus dados e os dados do seu veículo, tais como ano, modelo e marca, para ter uma base da sua necessidade. 

Dentro dela, também é levado em conta seu histórico: se você tem alguma infração ou irresponsabilidade no trânsito, isso pode vir a influenciar o preço do seu seguro. Aliás, é melhor para a seguradora alguém que não cause acidentes.

Depois da cotação, você passa para a confirmação do plano. Geralmente são passadas algumas opções, com menos custo e menos cobertura, ou mais custo e coberturas mais abrangentes.

Selecionado, você passará por algumas etapas de documentação, e enfim, para a vistoria, que é de suma importância!

Vistoria

Na vistoria será avaliado o seu automóvel, desde freios que podem estar funcionando mal, à motor a beira do colapso. Tudo isso para entender a real condição do carro e confirmar assim, o plano.

Nessa etapa, a seguradora também tem o direito de selecionar quem vira, ou não um segurado por eles. Por isso, seja muito sincero na hora da vistoria.

Ou seja, se você bateu algumas vezes em um curto período de tempo, e seu veículo não está tão bom, pode ser que você tenha condições um pouco mais difíceis, ou até nem consiga contar com uma seguradora.

Pagamento

E por fim, depois de aprovada a vistoria e confirmado o plano, é a hora de pagar e sair seguro, pronto para o que der e vier.

Aliás, entenda que algumas seguradoras possuem condições facilitadas, ou até mesmo outras possibilidades na hora de fazer o pagamento. Mas isso varia entre as demais.

Por isso pesquise com sabedoria, e tome a melhor e mais segura decisão. Comece a cotar já e veja a melhor opção para você. E se você tem um veículo pesado, e não sabe o que fazer, conheça os melhores seguros para caminhões e faça já sua cotação. 

Como escolher o meu seguro veicular?

Agora que você já viu como funciona um seguro de veículo, está na hora de saber como escolher a sua seguradora.

O primeiro passo é a segurança, obviamente. Então para isso você deve escolher uma seguradora cadastrada na SUSEP (Superintendência de Seguros Privados).

Ou seja, uma seguradora de verdade, e não um esquema cooperativista de rateio. Feito isso, é muito simples. Faça uma cotação em diversas seguradoras, pesquise os benefícios e diferenciais de cada uma.

Busque também por aqueles que têm assistência 24 horas, até porque você não vai estar planejando uma pane elétrica ou algum imprevisto que pode acontecer a qualquer momento.

Mas em resumo, o que você busca em um seguro veicular é: confiança, assistência, preço baixo, proteção, transparência e segurança. Conhece algum seguro assim?

Bom, independentemente da sua resposta, você deve começar a sua busca agora, ou se encontrar desprotegido e em uma situação de risco, sem ter para onde correr ou com quem contar.

E lembre-se de sempre ser super sincero na hora da vistoria, para ser justo e avaliado da forma que deve ser, até mesmo para você não ficar na mão.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook