Defesa Civil prossegue com inspeção em áreas de risco

A margem esquerda do Rio Madeira também está comprometida após interdição feita pela Defesa Civil.

Comdecom
Publicada em 31 de março de 2017 às 09:11
Defesa Civil prossegue com inspeção em áreas de risco

Na manhã de quarta-feira (29) a Defesa Civil Municipal realizou mais uma inspeção as margens do Rio Madeira. Um dos locais fiscalizados foi o trecho da Estrada do Belmont que está com uma parte interditada devido o risco de desbarrancamento. Para aumentar a segurança da população que transita pelo local e de forma que não prejudique o trânsito, cerca de cem metros da estrada está interditado há uma semana.

Mesmo assim, as inspeções feitas pela Defesa Civil e Delegacia Fluvial continuam sendo necessárias para evitar que embarcações sejam atracadas na região, evitando novos deslizamentos de terra. “O que causa o desbarrancamento é o fenômeno banzeiro, sucessão de ondas causadas pelos movimentos das embarcações, porém o barranco é de tecido argiloso que não tem aderência e na parte de baixo tem apenas uma camada arenosa que acaba perdendo a estabilidade” explica Marcelo Santos, diretor da Defesa Civil.

A margem esquerda do Rio Madeira também está comprometida após interdição feita pela Defesa Civil Municipal. A Prefeitura realizou obra de acesso alternativo aos moradores do Ramal Niterói e Maravilha I e II, porém outra parte da margem acabou cedendo, a quatro quilômetros de onde já foi revitalizado.

Para que os moradores da comunidade não ficassem isolados, foi realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento um desvio, de forma que a população transite com segurança pelas comunidades. Marcelo acrescenta que o problema só será resolvido com a contenção de pedras. A Defesa Civil continuará realizando fiscalizações preventivas nas regiões.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook