Desembargadores Paulo Mori e Miguel Monico tomam posse no TRE-RO

A solenidade, que ocorreu de maneira híbrida, com transmissão pela internet, ocorreu após a sessão ordinária de julgamento da Corte Eleitoral

Assessoria de Comunicação Institucional Foto: TRE
Publicada em 29 de novembro de 2021 às 08:21

corteTRE

O desembargador Paulo Kiyochi Mori foi eleito e empossado presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO), para o biênio 2022-2023, em sessão solene realizada nessa quinta-feira, 25, na sede do TRE, em Porto Velho. Na oportunidade, o desembargador Miguel Monico Neto também foi eleito e empossado vice-presidente e corregedor do TRE-RO, para o mesmo período, nos termos do Regimento Interno do Tribunal.

A solenidade, que ocorreu de maneira híbrida, com transmissão pela internet, ocorreu após a sessão ordinária de julgamento da Corte Eleitoral. Sob a presidência do desembargador Marcos Alaor Diniz Grangeia, a cerimônia teve início com a entrada dos empossandos. Após o Hino Nacional e da nominata de autoridades, os desembargadores prestaram compromisso como membros da Corte Eleitoral. Os desembargadores Valdeci Castellar Citon e José Jorge Ribeiro da Luz também prestaram compromisso, como membros suplentes do TRE. Em seguida, os desembargadores Paulo Mori e Miguel Monico foram eleitos por aclamação e prestaram compromisso pela posse nos cargos de novos dirigentes do Tribunal. Foram exibidos, ainda, vídeos com registros da vida e da carreira de ambos.

Participaram da solenidade o procurador eleitoral, Bruno Rodrigues Chaves, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RO), Elton José Assis, que fizeram o uso da palavra. O presidente do TRE-RO, desembargador Marcos Alaor, em seu discurso, lembrou dos desafios de realizar a eleição “mais atípica de todos os tempos”, devido às restrições e incertezas decorrentes da pandemia de covid-19. O magistrado agradeceu pela atuação de juízes e servidores do Tribunal Eleitoral, assim como aos voluntários que atuaram durante o processo eleitoral de 2020 e rememorou alguns dos expressivos resultados alcançados pelo TRE durante o biênio.

Ao discursar, o desembargador Paulo Mori fez uma menção especial para homenagear o desembargador Marcos Alaor e sua equipe pela gestão, repleta de resultados e digna de reconhecimento pela excelência no cumprimento de metas e objetivos institucionais. O desembargador lembrou da missão de realizar a Justiça e de sua trajetória na Justiça Eleitoral. “Este Tribunal é uma referência para Justiça de Rondônia e para toda Justiça Eleitoral”. O futuro presidente lembrou do desafio das eleições gerais de 2022. “Se avizinham as eleições gerais de 2022, desafio que será de todos nós, de toda a sociedade brasileira, que irá às urnas para exercer a cidadania e realizar a democracia em sua plenitude”, afirmou.

Os desembargadores Paulo e Miguel iniciam o exercício como dirigentes da Justiça Eleitoral a partir de 1º de janeiro de 2022.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook