Pacheco reafirma compromisso do Senado com inclusão e acessibilidade

As iniciativas integram as atividades da Semana de Valorização da Pessoa com Deficiência

Agência Senado/Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
Publicada em 06 de dezembro de 2023 às 17:56
Pacheco reafirma compromisso do Senado com inclusão e acessibilidade

Na sessão desta quarta, Pacheco elogiou lançamento do Plano de Acessibilidade do Senado para 2024-2025

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, elogiou o lançamento, na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), nesta quarta-feira (6), do Plano de Acessibilidade do Senado Federal 2024-2025, da Cartilha sobre Atendimento de Pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo e do Calendário 2024 em Braille. As iniciativas integram as atividades da Semana de Valorização da Pessoa com Deficiência.

Na sessão deliberativa desta quarta, Pacheco destacou a importância do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, celebrado em 3 de dezembro, e citou o comprometimento do Senado em promover a inclusão e a acessibilidade.

— Reafirmo: o Senado Federal tem compromisso inabalável com a justiça social e com a inclusão. A busca pela igualdade de direitos é jornada contínua e missão coletiva que exige do Parlamento sensibilidade com os desafios enfrentados todos os dias pela população. A acessibilidade é pilar inegociável do compromisso político do Senado Federal com o Brasil — afirmou.

Pacheco disse que essas ações do Senado buscam aumentar a autonomia e a integração social das pessoas com deficiência. Para ele, a inclusão envolve não apenas a acessibilidade, mas o compromisso com a valorização das diferenças e com o reconhecimento dos desafios diários enfrentados por essa parcela da população brasileira.

— Juntos levantemos a bandeira da acessibilidade, da inclusão e da justiça, trilhando, assim, o caminho rumo a um país que seja verdadeiramente para todos e para todas — declarou o presidente do Senado.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

Que Deus nos ajude!

Que Deus nos ajude!

Muitos daqueles que vibraram com a eleição de Lula, hoje, reclamam a execução das promessas feitas durante a campanha eleitoral