Prefeito Hildon Chaves anuncia mais 11 quilômetros de asfalto em três bairros da zona Leste

Vão receber o pavimento os bairros Maringá, Pantanal e Escola de Polícia

Texto: Larissa Vieira Foto: SMC
Publicada em 06 de dezembro de 2023 às 14:37
Prefeito Hildon Chaves anuncia mais 11 quilômetros de asfalto em três bairros da zona Leste

Bairros também serão contemplados com meio-fio e sarjeta

Mais três bairros receberão asfalto nos próximos meses. O anúncio foi feito pelo prefeito Hildon Chaves, e o pavimento chegará aos bairros Maringá, Pantanal e Escola de Polícia, todos na zona Leste. A princípio serão 37 ruas com pavimento novo, somando mais 11 quilômetros de asfalto feitos pela Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Obras (Semob). A terraplanagem no bairro Pantanal já começou a ser feita.

De acordo com a Secretaria de Obras, os bairros também serão contemplados com meio-fio e sarjeta, serviço licitado e em andamento em outros bairros da cidade. Porém, esta etapa da obra só será realizada quando o serviço de pavimentação for concluído.

Secretário da Semob, Diego Lage, reforça que para dar início ao trabalho no bairro, não pode haver lançamento de esgoto nas vias, situação que deve ser observada e regularizada pelos próprios moradores.

“Sempre que anunciamos um projeto de pavimentação, através da Prefeitura de Porto Velho, nós deixamos clara a necessidade de que os moradores façam o descarte correto de dejetos, para que assim o asfalto possa ser feito com qualidade. Quando o esgoto é lançado na via ou nas bocas de lobo, que são os bueiros feitos para escoamento de águas pluviais, há um atraso no trabalho para que os responsáveis corrijam a situação. Por isso, reforçamos que é importante que cada um faça a sua parte para que o asfalto chegue com qualidade até cada munícipe”, explica o secretário.

Nos bairros, o que também será avaliado são as Áreas de Preservação Permanente (APP). Nestes locais, os conhecidos canais devem ser respeitados. Outro ponto a ser destacado é que o avanço da obra depende também do volume de chuva, mais intenso no inverno amazônico e que se estende até o mês de maio. “Nossa prioridade é entregar um asfalto de qualidade, para isso avaliamos diversos fatores e a chuva é um dos principais. Não vamos parar de trabalhar, mas vamos avançar de acordo com o que o volume de chuva permitir”, enfatiza Diego.

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook