Vacinas estarão disponíveis nas unidades de saúde até às 20h30, a partir de segunda-feira (11)

Ação vai acontecer de 11 a 15 de dezembro e serão ofertadas todas as vacinas do calendário para adultos e crianças, inclusive a da gripe

Texto: João Muniz Foto: Leandro Morais
Publicada em 06 de dezembro de 2023 às 10:02
Vacinas estarão disponíveis nas unidades de saúde até às 20h30, a partir de segunda-feira (11)

Além da vacina contra gripe, também serão disponibilizados outros imunizantesAlém da vacina contra gripe, também serão disponibilizados outros imunizantes

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), realiza a partir da próxima segunda-feira (11), a "Semana D de Vacinação". Serão cinco dias em que as unidades de saúde do município terão o horário de funcionamento estendido até às 20h30, para oferecer todas as vacinas do calendário de rotina e também campanha, como a gripe.

Em Porto Velho, as unidades abrirão às 7h e o atendimento de rotina funcionará até às 19h, cronograma que já é utilizado diariamente. A partir desse horário, apenas as salas de vacinas continuarão atendendo, com exceção das USFs Santo Antônio, Vila Princesa e Areal da Floresta, que funcionarão em seu horário normal.

VACINAÇÃO NO PARQUE DA CIDADE

Além das unidades de saúde, o Parque da Cidade também será um ponto de vacinação. No local, todas as vacinas presentes no Plano Nacional de Imunização serão disponibilizadas. A aplicação das vacinas será feita no stand da RedeTV! Rondônia das 17h às 20h.

A Semana D acontece duas semanas após o prefeito Hildon Chaves anunciar a liberação do imunizante, que combate o vírus da influenza, para toda a população.

Segundo a coordenadora da Divisão de Imunização da Semusa, Elizeth Gomes, o objetivo da estratégia é elevar os índices de vacinação na capital.

“Nós ainda estamos com os números de vacinação contra a influenza muito baixos, então precisamos que as pessoas se imunizem. Vamos realizar essa atividade durante a semana com o objetivo de facilitar o acesso à vacina”, explicou Elizeth.

COBERTURA VACINAL

Dados da plataforma Localiza SUS, apontam que apenas 11.143 pessoas foram vacinadas contra a gripe em Porto Velho até o momento, ou seja, 4,34% de cobertura vacinal. Número que está bem abaixo da meta recomendada pelo Ministério da Saúde, que é de 90%.

Além da vacinação contra a gripe, dentro da “Semana D” a Semusa também disponibilizará todas as outras vacinas presentes no Plano Nacional de Imunização.

“O nosso objetivo é vacinar a população contra a gripe, mas também já ofertar outros imunizantes disponíveis nas nossas unidades. A melhor forma de se prevenir contra as doenças é a vacinação e a Prefeitura de Porto Velho tem investido muito nisso, pois acreditamos que a saúde é vida”, enfatizou a Secretária da Semusa, Eliana Pasini.

NOVA CAMPANHA

A campanha de vacinação contra a influenza foi iniciada na capital, e em toda a região Norte, no último dia 13 de novembro e seguirá até o dia 15 de dezembro deste ano. Esta é a primeira vez que a estratégia acontece nesse período do ano.

A medida, adotada de forma inédita pelo Ministério da Saúde, busca atender às particularidades climáticas da região, que, nesta época do ano, tem o “inverno amazônico”, período de maior circulação viral e de transmissão da gripe. Antes, a campanha era realizada entre os meses de abril e maio do ano seguinte, em todo o país.

QUEM PODE SE VACINAR?

Em Porto Velho, a vacinação foi direcionada inicialmente para grupos prioritários, a exemplo de crianças menores de 6 anos, trabalhadores da saúde, gestantes, professores, entre outros.

No entanto, para ampliar a oferta do imunizante, a Prefeitura de Porto Velho utilizou a estratégia de liberar a vacinação para pessoas acima de 06 meses de idade, desde o dia 24 de novembro. Para se vacinar, é necessário que o cidadão esteja com o cartão do SUS ou CPF.

NOVA DOSE

Ainda segundo a coordenadora da Divisão de Imunização da Semusa, mesmo quem já tomou a vacina contra a gripe neste ano, deve receber a nova dose.

“A nossa campanha foi antecipada, então, mesmo se o paciente já tomou a vacina contra a gripe no início do ano ou até mesmo no mês passado, deve tomar a nova dose, mas claro, respeitando o prazo de 30 dias entre uma dose e outra”, disse Elizeth.

Comentários

  • 1
    image
    luciano 06/12/2023

    A agenda a todo vapor, abate das ovelhas continua com a tecnologia do mRNA

  • 2
    image
    laide 06/12/2023

    só queria saber porque o posto de saúde da campos sales: OSVALDO PIANA do bairro areal, não atende avacina pela tarde, já fui duas vezes não consegui me vacina com as funcionarias tudo mal educada adente as pessoal muito mal, parece que a gente está de favor la. voces autoridade tem que ir lá para verificar o adentementos delas com as pessoas.

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook