Sema normatiza doação de mudas para evitar transtorno à população

Aumento na procura de cerca de mil por cento comprometeu o trabalho da secretaria.

Fonte: Sema|Fotos Medeiros
Publicada em 21 de outubro de 2017 às 11:28
Sema normatiza doação de mudas para evitar transtorno à população

A Prefeitura de Porto Velho normalizará, a partir de terça-feira (24), a distribuição de mudas à população, ação anual desenvolvida pela Subsecretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema). Para este ano o município tem como meta distribuir 20 mil mudas de espécies variadas. A ação faz parte do Cidade + Verde, programa de arborização da prefeitura.

O grande volume de pessoas que tem procurado o Parque Nacional nos últimos dias comprometeu o atendimento à população no local. Por conta da grande procura registrada, a Sema decidiu normatizar o processo, que antes era feito sem qualquer tipo de restrição. O aumento na procura foi de cerca de mil por cento. Em apenas três dias, foram entregues três mil mudas.

“Ainda não sabemos o que levou a essa grande procura, mas essa ‘avalanche’ acabou comprometendo o nosso trabalho. Nos preparamos para atender conforme a demanda registradas nos anos anteriores, número que nos permitia atender a todos sem problema nenhum. Mas com esse aumento significativo, o serviço ficou estrangulado”, explicou Paulo Régis, diretor do Departamento de Produção e Conservação da Sema.

Com o aumento da procura, a Sema não estava conseguindo fazer a entrega das mudas no mesmo dia, o que provocou reclamação de muitas pessoas. O interessado se cadastrava mas só recebia as mudas nos dias seguintes. Como cada pessoa tem direito a 15 mudas, que estão por vários viveiros e não apenas em um só lugar, havia uma demora muito grande para juntar todas as espécies escolhidas e o atendimento é das 8h às 11h.

“São vinte e seis espécies de pantas disponíveis para doação e a pessoa nunca faz a solicitação de apenas uma espécie. Para juntar todas as espécies que são solicitadas leva tempo, o que acaba comprometendo o atendimento de quem está na fila aguardando. Por isso optou-se em fazer a entrega das mudas no dia seguinte porque não dava tempo de entregar a todo mundo no mesmo dia”, explicou.

Para dar conta da demanda, o diretor do departamento explicou que a partir da próxima semana, serão feitos 60 cadastramentos por dia. Essa limitação, afirmou ele, é necessária para que todas pessoas que procuram o Parque Natural possam receber suas 15 mudas no mesmo dia. Esse é um número razoável, de acordo com o diretor, para se trabalhar sem criar transtornos a quem ficar aguardando na fila.

Com relação ao atendimento aos produtores rurais, as próprias associações ou cooperativas representativas da categoria podem enviar ofício à Sema com a relação dos associados e as espécies escolhidas por eles para que possam receber a doação. Além do atendimento diferenciado, os produtores rurais também terão direito a 25 mudas, que podem ser usadas na recuperação de áreas degradas.

ESPÉCIES DISPONÍVEIS PARA DOAÇÃO

ESPÉCIES

QUANTIDADE

Faveira ferro

30

Seringa

1.150

Castanheira

250

Oiti

612

Tauari

438

Açaí touceira

3.000

Ingá xixica

1.276

Ipê roxo

400

Ipê amarelo

600

Acerola

420

Goiaba

537

Bacaba

565

Caju

75

Ingá

20

Patoá

500

Jambo

250

Cupuaçu

920

Biribá

500

Graviola

300

Buriti

1.082

Bandarra

40

Pupunha

3.267

Cacau

917

Andiroba

634

Cajá

44

Tamarindo

548

 

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook