Sintero sedia fase regional da Conferência Nacional Popular de Educação

As atividades começaram às 07:30 com recepção dos inscritos com café da manhã.

Assessoria de Imprensa - Sintero
Publicada em 21 de outubro de 2017 às 11:04
Sintero sedia fase regional da Conferência Nacional Popular de Educação

Gestão democrática, educação e diversidade, financiamento da educação e conjuntura política foram os principais temas discutidos na fase regional de Porto Velho da Conferência Nacional Popular de Educação, que foi realizada nesta sexta-feira, dia 20/10.

As atividades começaram às 07:30 com recepção dos inscritos com café da manhã. Às 08:30 aconteceu a cerimônia de abertura com a participação da Diretoria Executiva do Sintero, Diretores Regionais, representantes da CUT, da CNTE, de diversas entidades sindicais e palestrantes.

A análise de conjuntura foi apresentada por Ramon Cujui, bacharel em Direito, licenciado em História pela UNIR e membro da Frente Brasil Popular. A palestra sobre Gestão Democrática foi proferida pela Professora Doutora Walterlina Brasil, vice-diretora do Núcleo de Ciências Humanas da UNIR. A palestra sobre Educação e Diversidade foi proferida pelo Professor Kary Falcão, Doutorando em Psicologia pela PUC/RS, Mestre em Linguística e Técnico da Seduc. Já a palestra sobre financiamento da educação foi proferida pelo Professor Júlio César Martins Viana, formado em Pedagogia, ex-presidente do Sintelp/MT e da CUT/MT.

No período da tarde foram realizados trabalhos em grupo por assunto, uma plenária final e a eleição de delegados para a fase estadual da CONAPE.

O presidente do Sintero, Manoel Rodrigues da Silva, estava em viagem ao interior do Estado e por isso não participou do evento. Mas ele tem acompanhado as fases regionais da CONAPE em vários municípios. Segundo Manoel Rodrigues, esse evento é uma resposta da sociedade brasileira à falta de compromisso do governo Temer com a educação, por ter cancelado a Conferência Nacional de Educação. “Se o governo quer discutir educação, nós, os profissionais da educação e a sociedade vamos discutir. Infelizmente a política para a educação está à deriva nesse país, contando apenas com a responsabilidade de setores como o movimento sindical e os movimentos sociais”, disse.

As etapas regionais estão produzindo relatórios e conteúdos para serem discutidos na fase estadual da CONAPE, visando construir a proposta de Rondônia para a Conferência Nacional, a ser realizada em 2018.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook