Tentando conseguir empréstimo oferecido através do WhatsApp, mais um vilhenense é vítima de golpista

Rapaz de 19 anos tentava obter R$ 2 mil e acabou perdendo mais de R$ 400.

Da redação/Folha do Sul/Foto: ilustrativa
Publicada em 15 de junho de 2019 às 10:24
Tentando conseguir empréstimo oferecido através do WhatsApp, mais um vilhenense é vítima de golpista

“Paraíso dos estelionatários” em Rondônia, Vilhena registrou ontem mais uma vítima de golpe. O caso foi denunciado ontem na polícia, por um auxiliar de produção de 19 anos.

Segundo o rapaz, através de mensagem pelo WhatsApp, uma empresa de São Paulo lhe ofereceu um empréstimo de R$ 2 mil, com taxa de 1% de juros ao mês.

Através do aplicativo, o representante da suposta instituição financeira propôs dividir o pagamento da dívida em 36 parcelas de R$ 66,80 cada. Porém, a vítima deveria depositar R$ 252, 21, referente à “taxa de cadastro”.

Após o primeiro pagamento, o golpista avisou: o empréstimo seria liberado imediatamente, após outro depósito de R$ 200,00.

Depois de cumprir as exigências e notar que a liberação do dinheiro estava demorando, o vilhenense tentou mandar mensagem para o mesmo número de celular, mas descobriu que estava bloqueado no WhatsApp do criminoso.

Só após perceber que havia caído em um golpe, modalidade que continua fazendo vítimas na cidade, o jovem acionou a polícia.
 

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook