Transposição: TJRO apoia Servidores

Na ocasião, Walter Waltenberg disponibilizou o auditório da Sede do Tribunal de Justiça para a reunião do Sindicato, que terá como tema principal esclarecimentos a respeito da regulamentação da Medida Provisória 817, do Congresso Nacional.

Assessoria de Comunicação Institucional
Publicada em 27 de março de 2018 às 11:03
Transposição: TJRO apoia Servidores

O presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia, Walter Waltenberg recebeu em seu gabinete, na tarde de ontem (26/03), a visita da presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Poder Judiciário de Rondônia – Sinjur, Gislaine Caldeira, que pediu o apoio do TJRO para a realização da reunião que acontecerá no próximo dia 28 de março, sobre a transposição dos servidores da Justiça para o quadro federal.

Na ocasião, Walter Waltenberg disponibilizou o auditório da Sede do Tribunal de Justiça para a reunião do Sindicato, que terá como tema principal esclarecimentos a respeito da regulamentação da Medida Provisória 817, do Congresso Nacional. O evento contará com a presença do procurador do Estado Luciano Alves, que falará dos benefícios dos servidores com a regulamentação da MP.

Ao colocar o Tribunal de Justiça à disposição do Sinjur, o presidente da instituição, Walter Waltenberg, disse que "a administração do TJRO estará sempre ao lado dos servidores no que se refere à garantia dos seus direitos".

A reunião terá  início às 16h da próxima quarta-feira, no andar Térreo do Edifício-sede do TJRO, situado à Rua José Camacho, 585, bairro Olaria.

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Observador 27/03/2018

    Será que o desembargador tem conhecimento que 706 policiais militares, bombeiros ativos e inativos foram devolvidos ao estado de Rondônia, ou melhor, ao governo estadual após determinação do STF no último dia 16/03?? Aliás, até pensionistas foram desligadas da Folha de pagamentos da União. E, todos os militares de Rondônia foram transpostos via justiça mas mesmo assim por determinação do STF todos tiveram seus vencimentos cancelados e devolvidos para o governo estadual. Entre no site: WWW.ASSFAPOM.COM - lá está a reportagem e depoimento sobre a devolução de todos policiais militares e bombeiros devolvidos aos quadros do estado de Rondônia. A mesma coisa vai acontecer com essa MP 817, a PGR vai contestar a constitucionalidade de repassarem servidos estaduais para os quadros da União. São só 706 policiais militares e bombeiros devolvidos a Rondônia após mais 2 anos nos quadro da União. Vejam no Site: WWW.ASSFAPOM.COM.

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook