Hildon é só alegria

Recente pesquisa realizada pelo Instituto revela que a administração do tucano atingiu mais de setenta por cento de aceitação popular

Valdemir Caldas
Publicada em 08 de novembro de 2021 às 15:34
Hildon é só alegria

A julgar pelos números do Instituto Phoenix, o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, deve estar sorrindo de orelha a orelha. Recente pesquisa realizada pelo Instituto revela que a administração do tucano atingiu mais de setenta por cento de aceitação popular. Uma distinção e tanto, o que, certamente, deverá estimular o dirigente municipal a continuar trabalhando ainda mais para superar o cipoal de obstáculos que angustia a população portovelhense. 

Em meio ao justificável contentamento que imagino dominar o prefeito e sua equipe de colaboradores, acredito, também, que sua excelência tem consciência de que precisa avançar mais, pois é sabido que muito ainda resta por fazer, como é o caso do abastecimento de água potável, um problema que merece abordagem e trabalho redobrados.

Por outro lado, gerenciar uma cidade com as dimensões e os problemas que tem Porto Velho não é o que se possa chamar de tarefa das mais fáceis, sobretudo no Brasil, onde a ineficiência é característica histórica e onde as influências negativas externas se consolidam com bastante facilidade. 

A completa cidadania ainda é privilégio de uns poucos. O compromisso de dilatá-la, no entanto, deve compor o mosaico das preocupações dos homens públicos. Afinal de contas, não de hoje que as nossas cidades enfrentam problemas gigantescos. E Porto Velho não foge à regra, mas tenta superar as suas dificuldades com discrição e trabalho. E aqueles que amam essa cidade precisam continuar colaborando para que as coisas melhorem cada vez mais, e não agir como aves agourentas e vampirescas, que torcem e trabalham para que aconteça o pior. 

Ninguém melhor que a população de Porto Velho conhece os problemas da cidade. Ela sabe que muitos são os desafios, e permanece vigilante. E às autoridades cabem a responsabilidade de cumprir o dever de casa, pois somente assim, todos, dirigentes e comunidade, saem ganhando.

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    autor 09/11/2021

    O autor agradece pela correção

  • 2
    image
    José Ferreira 09/11/2021

    Bom texto.  Porém, às autoridades CABE a responsabilidade. Cabem, não cabe nessa formação ...

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook