Mais agilidade na emissão de licenças ambientais para o setor produtivo

Com a criação do Solar, Sistema de Outorga e Licenciamento Ambiental, o setor produtivo passou a fazer as solicitações e acompanhamentos de licenças ambientais pelo computador, sem burocracia e de forma muito mais rápida

Assessoria
Publicada em 06 de outubro de 2022 às 15:07
Mais agilidade na emissão de licenças ambientais para o setor produtivo

Sistema de análise de licenças ambientais criado na gestão do governador coronel Marcos Rocha diminui a burocracia e facilita o trabalho do empresário, principalmente no agronegócio.

Com a criação do Solar, Sistema de Outorga e Licenciamento Ambiental, o setor produtivo passou a fazer as solicitações e acompanhamentos de licenças ambientais pelo computador, sem burocracia e de forma muito mais rápida. 

De acordo com o governador Coronel Marcos Rocha, idealizador do sistema, o Solar é um site inovador, que também tem como objetivo realizar a integração com outros serviços, como análises processuais e assinaturas digitais para facilitar e agilizar os processos de autorização de atividades, com foco na eficiência, qualidade na prestação de serviços, por meio da tecnologia.

“Hoje, as outorgas podem ser feitas de forma online, sem necessidade de impressão. Isso beneficia o produtor, empresário, pessoa física ou jurídica, acelera o processo e gera mais empregos e renda no nosso estado”, salientou Marcos Rocha. O atual governador é candidato à reeleição pelo União Brasil (44) e apoiador do presidente Bolsonaro.  
O sistema (solar.sistemas.ro.gov.br/) começou a ser desenvolvido em 2020, pela Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação – Setic.  Segundo o governador coronel Marcos Rocha, o Solar é uma das 150 ferramentas desenvolvidas pela Setic para tornar o Estado cada vez mais digital, destravando a máquina pública sem deixar de lado a transparência.  

“Nosso objetivo é dar cada vez mais celeridade e facilitar ao máximo a vida de quem quer trabalhar, produzir. O setor produtivo pode continuar contando com o governo como um parceiro no desenvolvimento de Rondônia”, concluiu Marcos Rocha.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook