Secretária pede apoio de servidores para melhorar atendimento social e qualidade de vida da população

“Vamos trabalhar buscando sempre o melhor atendimento ao cidadão”, afirmou a secretária, completando que para isto conta com o empenho de todos.

Veronilda Lima Fotos: Veronilda Lima
Publicada em 08 de janeiro de 2019 às 11:29
Secretária pede apoio de servidores para melhorar atendimento social e qualidade de vida da população

Ao apresentar novos coordenadores, secretária Luana pediu apoio de todos os servidores para promover melhorias

Trabalhar com foco no melhor atendimento ao cidadão. Foi o que recomendou a secretária de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social, Luana Rocha, nesta segunda-feira (7) a todos os servidores e aos novos coordenadores de áreas estratégicas da Seas. Luana Rocha, juntamente com a adjunta Liana Silva de Almeida Lima, são responsáveis pela secretaria que tem por missão contribuir para o desenvolvimento do Estado com políticas integradas que estimulam atividades produtivas com o gerenciamento de programas e projetos que buscam combater as desigualdades sociais, promovendo a redução do déficit habitacional e a inserção social, incluindo pessoas com deficiência, adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas, entre outras ações voltadas à melhoria da qualidade de vida da população.

Entre os novos coordenadores, estão Nilberto Silva de Oliveira, do Tudo Aqui; Ruth Gil, do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-RO); Paulo Higo, assessor jurídico; Antônio Francisco Gomes, presidente da Fundação de Assistência Social (Feas); e Luís Gustavo Ferreira, de Políticas sobre Álcool e Drogas (Crepad/Sepoad).

“Vamos trabalhar buscando sempre o melhor atendimento ao cidadão”, afirmou a secretária, completando que para isto conta com o empenho de todos.

Para reduzir o déficit habitacional, só em Porto Velho o governo deverá concluir nos próximos meses a entrega de 2.287 moradias. São 496 que restam do Condomínio Orgulho do Madeira para completar a quatro mil unidades; 975 do Cristal da Calama, para atingir as 2.941; e 816 do Morar Melhor, onde outras 1.696 pessoas de baixa renda já foram beneficiadas.

O reforço da assistência social é uma das prioridades do governador Coronel Marcos Rocha para reduzir a desigualdade social em Rondônia com projetos que gerem emprego e renda.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook