Governo anuncia pagamento de retroativo da progressão para professores e técnicos educacionais

Na última reunião com os representantes do governo, no dia 21/10, o Sintero pediu agilidade, principalmente no impacto financeiro dos valores dos técnicos administrativos que sofrem com a grande defasagem salarial

SINTERO
Publicada em 08 de novembro de 2019 às 10:23
Governo anuncia pagamento de retroativo da progressão para professores e técnicos educacionais

Em reunião na Casa Civil nesta quinta-feira (07/11), O Governo de Rondônia anunciou que o pagamento das progressões dos professores e técnicos administrativos acontecerá no mês de novembro, atendendo assim, a reivindicação do Sintero.

O Sintero esteve representado pela presidente Lionilda Simão, a secretária-Geral Dioneida Castoldi e o advogado Adércio Dias. A administração estadual estava representada pelo secretário Chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves e pelo secretário de Estado da Educação, SuamyVivecananda Lacerda, acompanhados por técnicos da Soma (Mesa de Gestão da Casa Civil).

Na última reunião com os representantes do governo, no dia 21/10, o Sintero pediu agilidade, principalmente no impacto financeiro dos valores dos técnicos administrativos que sofrem com a grande defasagem salarial. Para a satisfação de toda a categoria, o governo pagará o retroativo das progressões todos os trabalhadores em educação.

Na oportunidade, a Direção do Sintero mencionou novamente sobre os erros na metodologia dos cálculos das progressões. Baseado no Parecer Técnico elaborado pela assessoria jurídica do sindicato constatou-se que há anos, o Governo de Rondônia não tem seguido o Art.75 da Lei Complementar nº 680/2012, que prevê o intervalo de 2% entre uma e outra referência, ocasionando um prejuízo salarial aos trabalhadores em educação.

A Direção do Sintero destacou ainda que o Parecer Técnico foi entregue na última reunião com Casa Civil, no dia 16/11, com intuito de resolver a situação administrativamente. Mas, como não houve respostas, o Sintero entrou com o Mandado Judicial.

O Governo declarou que tem analisado o documento apresentado pelo Sintero, porém neste ano não será possível atender à reivindicação, devido à falta de orçamento. No entanto, argumentou que o diálogo está aberto para que a questão seja revolvida no próximo ano, com o novo teto salarial.

Em relação às licenças prêmio, o governo reiterou o compromisso em enviar as listas dos servidores beneficiados todo o dia 20 de cada mês para que o Sintero possa fazer a divulgação, garantindo a transparência no processo.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

​​​​​​​NOTA DE REPÚDIO

​​​​​​​NOTA DE REPÚDIO

A Superintendência de Polícia Técnico-Científica do Estado de Rondônia (POLITEC), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (SESDEC) vem a público REPUDIAR o teor do áudio divulgado na imprensa local...