Luto na imprensa: radialista morre em acidente na BR 174; colisão com carreta deixou carro destruído

Adelino, que faria 32 anos em dezembro, já havia perdido a mãe em outro acidente trágico

Folha do Sul
Publicada em 12 de outubro de 2020 às 11:17
Luto na imprensa: radialista morre em acidente na BR 174; colisão com carreta deixou carro destruído

Morreu na tarde de ontem (domingo, 11), o radialista vilhenense Adelino Lopes de Araújo Lima, que faria 32 anos em dezembro, vítima de um acidente de trânsito ocorrido  no km 584 da BR-174, já no município de Comodoro/MT.


 
Adelino que atualmente trabalhava na rádio Onda Sul FM, dirigia um automóvel Chevrolet Celta de cor branca, quando colidiu de frente com um caminhão Volkswagen, tendo seu carro ficado totalmente destruído.
 
Em depoimento à polícia, o condutor da carreta com placas de Manaus (AM) e semirreboque de São Paulo, disse que o carro dirigido pelo comunicador vilhenense entrou em sua frente e ele não teve como evitar a colisão.
 
Com a intensidade do impacto, Adelino morreu na hora e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Vilhena que atendeu a ocorrência isolou a área até a chegada dos federais do Estado de Mato Grosso.
 
O radialista, que também já atuou na TV Band como repórter na área policial, perdeu a mãe em um acidente de trânsito ocorrido na avenida brigadeiro Eduardo Gomes, quando ela se desequilibrou em sua bicicleta e acabou caindo debaixo de uma carreta.
 
O corpo de Adelino foi levado para a cidade de Comodoro, mas deverá ser trazido para Vilhena, onde será sepultado. O radialista deixa duas filhas, uma de 03 anos e outra de apenas 07 meses.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook