Moradores da zona rural de Jacinópolis estão desde sábado (22) sem energia elétrica

Deputado Adelino Follador manifesta indignação com Energisa que provocou grandes prejuízos aos produtores

Assessoria Foto: Diego Queiroz-ALE/RO
Publicada em 25 de maio de 2021 às 14:25
Moradores da zona rural de Jacinópolis estão desde sábado (22) sem energia elétrica

Os moradores das Linhas 05, 06, 07 e 08 da região do distrito de Jacinópolis, município de Nova Mamoré, estão sem energia elétrica desde às 17:00 horas de sábado (22), até o momento já são mais de 60 horas sem o atendimento da empresa distribuidora responsável, a Energisa.

Na manhã desta terça-feira (25) o deputado Adelino Follador (DEM) recebeu as informações passadas por moradores, pedindo socorro, e relatam o drama da espera que contabiliza grandes prejuízos, com a perda de produtos que dependem da energia para resfriamento e estocagem e a paralização da produção de agroindústrias e outros setores.

De acordo as denúncias o problema surgiu com a queda de um tronco de madeira em um poste, que ocasionou na quebra de o cabo, na RO-420, a cerca de 5 Km de Jacinópolis, a partir deste momento foram feitas centenas de contatos com a empresa Energisa, porém, até a manhã desta terça-feira (25) não haviam tomado nenhuma providência.

São cerca de 200 famílias prejudicadas, e muitos produtores fizeram vídeos mostrando as perdas causadas pela falta de energia como: tanque de leites, silos, confinamentos, entre outros. Houve até produtor que comprou grupo gerador às pressas para evitar prejuízos ainda maiores.

O deputado Adelino disse que oficializou a Energisa para que justifique a demora no atendimento e, usará a tribuna da Assembleia Legislativa, na sessão desta terça-feira, para denunciar publicamente mais este descaso da empresa.

Os moradores também relataram que não é a primeira vez que tem dificuldades para obter o atendimento da Energisa na região, e pedem que seja instalado um escritório de atendimento em Jacinópolis, com equipe preparada para esse tipo de manutenção.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook